Carol, como era conhecida, morreu neste sábado aos 35 anos, vítima de câncer; ela nasceu em São Gabriel e atuava na Serra gaúcha, compartilhando nas redes sociais o enfrentamento à doença (foto Sílvia Tonon/arquivo pessoal)

Morreu na manhã do último sábado, 2 de outubro, a jornalista Ana Carolina Azevedo, aos 35 anos, vítima de câncer. Carol, como era chamada por amigos e familiares, era natural de São Gabriel e tinha atuação em Bento Gonçalves, onde residia, e Serra gaúcha. Ela estava com câncer de mama desde 2019 e que acabou se agravando por metástase. A sua batalha contra o câncer foi conhecida nas redes sociais, onde encorajava demais pessoas a terem otimismo para passar pelas turbulências e incertezas geradas. 

Carol compartilhava a realidade do que via na oncologia em suas redes sociais e sua experiência no enfrentamento à doença, sendo inclusive ativista social para ajudar outras pessoas que tinham câncer, além de ser editora do blog Culinarismo, que falava sobre alimentação consciente e era assessora de imprensa do Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves, o  Sindimóveis, de onde estava afastada atualmente. Também atuou em diversos veículos na mídia impressa e rádios de Bento. 

O câncer acabou se agravando na região da mama e axila, além de ter tido um segundo câncer, desta vez no fígado, que se espalhou para os ossos, pulmão, até alcançar o cérebro. Deixou a filha, Joana, 11 anos, além dos pais Ana Palmira Azevedo e Orlando Casemiro e os irmãos Leonardo, Pietro e Gabriela. Sentimentos aos familiares.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 04/10/2021 08h12 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.