(foto ilustrativa/Freepik)

O movimento anunciado para ocorrer em 7 de setembro em São Gabriel não é voltado para a defesa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mas para protestar contra os altos impostos e a demora da reforma política, além de garantir a democracia no Brasil. É o que foi informado pela organização do evento, que inicia a partir das 10h com uma carreata que encontrará o movimento dos caminhoneiros no trevo do Posto Gauchão, na BR-290. 

Fazendo parte da organização, Serginho Giuliani entrou em contato com a redação para fazer esclarecimentos, em virtude de que supostas lideranças afirmaram que o ato seria também de apoio ao presidente Bolsonaro, o que não procederia. "O ato é para protestar contra a carga tributária que castiga a todos, seja o empresário ou o contribuinte, a população e muito mais, as arbitrariedades do STF, pela moralização da política com a realização da reforma e o futuro do Brasil, não necessariamente apoio ao presidente Bolsonaro, o ato é aberto a todas correntes políticas. É uma forma de dizermos chega a tudo isso que emperra a política", resumiu.

Ele frisou o esclarecimento que algumas pessoas que não representam a coordenação afirmaram que o ato seria de apoio ao presidente Bolsonaro. "O ato é voltado aos brasileiros que não aguentam mais a falta de moralização da Política e o excesso de impostos pagos, enquanto os políticos não cortam os próprios gastos e voltado à todos que queiram participar, de qualquer corrente política, é um movimento a favor do Brasil", afirmando que precisou fazer o esclarecimento por conta de manifestações de apoiadores do presidente. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 06/09/2021 15h30
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.