Ponte do Arroio Bossoroca, na BR-290 em Vila Nova do Sul, continuará restrita para tráfego de veículos pesados por mais 45 dias (foto divulgação DNIT)

Apesar das cobranças dos prefeitos da região por conta dos prejuízos já gerados, a ponte do Arroio Bossoroca, na BR-290, deverá ficar interditada para caminhões e ônibus por mais 45 dias. A informação foi dada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) nesta sexta-feira (27). O Prefeito de Vila Nova do Sul, Sérgio Coradini (PDT) informou que esteve em reunião com diretores do órgão para cobrar agilidade, mas que não haverá soluções para amenizar o problema. 

Segundo o informado pela Comunicação do DNIT, visando a segurança dos usuários da rodovia e a não interrupção total da ponte, o DNIT avança para uma segunda etapa nos trabalhos, que consiste no escoramento total da ponte, recuperação do vão central, reforço do bloco de fundação, pilares e o perfil metálico que fica abaixo da viga da ponte. Parte da estrutura que será instalada já está sendo montada no município de Canoas e deve ser entregue a partir da próxima quarta-feira (1º). 

Prefeito Sérgio Coradini esteve em audiência no DNIT e chegou a pedir a implantação de uma ponte do Exército, mas ideia não foi aceita (foto divulgação)

Estará permitido somente em meia-pista o trânsito de veículos leves. O Prefeito de Vila Nova do Sul, Sérgio Coradini, esteve em reunião com diretores do DNIT em Porto Alegre pedindo para agilização das obras. Ele informou que chegou a ser sugerida a colocação de uma ponte do Exército em paralelo à principal, mas foi negado.

O DNIT recomenda usar as demais BRs da região - sugere como rota alternativa para quem se desloca no sentido Porto Alegre-Uruguaiana e vice-versa, a BR-392/RS e a BR-158/RS, passando por Santa Maria. Outra opção são as BR-153/RS, BR-293 e BR-158, via municípios de Caçapava do Sul, Bagé e Dom Pedrito até o retorno à BR-290/RS. Caminhoneiros que se deslocam de Uruguaiana em direção ao Porto de Rio Grande devem seguir pelas BR-158/RS, BR-293/RS e BR-392/RS - mas há o uso da estrada alternativa, pela RS-149, que é o que preocupa os prefeitos de Vila Nova e São Sepé.

Nesta semana, por exemplo, a ponte da divisa dos municípios já foi alagada pelas fortes chuvas desta semana, com a suba do Arroio Bossoroca. Um drama que vai durar pelo menos, mais um mês e meio. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 27/08/2021 15h55
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.