22 julho 2021

Fim das buscas: encontrados os corpos de bombeiros desaparecidos em Porto Alegre

Corpos de Almeida e Munhós foram localizados nos escombros do que foi a sede da SSP, na noite desta quarta-feira, 21 de julho, em Porto Alegre, encerrando buscas (fotos reprodução)

Após uma semana do incêndio que destruiu a sede da Secretaria de Segurança Pública do Estado em Porto Alegre, as buscas de dois Bombeiros chegaram ao fim. Os corpos do Tenente Deroci de Almeida da Costa, 46 anos e do Sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós, 51 anos, foram encontrados entre o começo da noite de quarta e o início da madrugada desta quinta (22), nos escombros do prédio que desabou com o incêndio da semana passada.

O corpo de Almeida foi encontrado pelas 18h30 e o de Munhós, por volta das 23h15, no térreo do prédio, embaixo dos escombros. Com isso, as buscas foram encerradas e homenagens foram prestadas aos bombeiros militares mortos, considerados heróis. Almeida era o oficial de serviço na noite do incêndio (responsável por despachar viaturas e coordenar as equipes de combate às chamas) e estava atuando no combate ao incêndio quando os andares do prédio desabaram. Casado e pai de dois filhos, o bombeiro, natural de Rio Grande, estava na corporação desde 1998.

Munhós estava de folga na noite do sinistro e decidiu ajudar os colegas. Ele estava na corporação desde 1990 e trabalhava na Divisão de Logística e Patrimônio do Corpo de Bombeiros, junto ao Comando-Geral. Mesmo com tempo de serviço para estar aposentado, seguia na ativa. Ele era natural de Lavras do Sul e deixa esposa e filha. 

O incêndio no prédio que sediava a cúpula das decisões estratégias da segurança pública gaúcha iniciou por volta das 21h40min do dia 14 quando cerca de 40 pessoas trabalhavam no local. Sete testemunhas contam à Polícia Civil que viram a fumaça iniciar em uma sala do quarto andar, onde funcionava o setor administrativo da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). 

O prédio foi rapidamente evacuado e 15 minutos após o começo das chamas o quarto e quinto andar já estavam tomados pelo fogo. Por volta das 23h30min, parte da estrutura desabou. Dois bombeiros desapareceram no começo da madrugada do dia 15. Com a localização e encerramento das buscas, o prédio onde funcionava a Secretaria será demolido, o que deve ocorrer em 40 dias. Bombeiros homenagearam os colegas mortos no cumprimento do dever nas redes sociais. Sentimentos às famílias.

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações de GZH
Data: 22/07/2021 08h29 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.