Se a pandemia te atrapalhou, o REFIS te regulariza! Prefeitura de São Gabriel

Assine New Life Fibra - fibra óptica de qualidade para você!

Bariani Estética Automotiva - em novo endereço

www.peruzzo.com.br - Acesse, compre e receba em casa!

Painéis Solares A Elétrica - Energia Solar em até 120x

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Faça seu cartão Cauzzo e tenha os melhores profissionais para sua saúde

Sicredi-Faz-Mais-setembro.gif

Use Odontologia em São Gabriel - saúde bucal para você e sua família

Anúncio Dra Ana Paula Ross

15 julho 2021

Congresso aprova "fundão eleitoral" de R$ 6 bilhões para 2022

(foto ilustrativa)

Gera discussão nas redes sociais a aprovação pelo Congresso Nacional, nesta quinta (15), da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022. Entre os pontos mais polêmicos, está o aumento no repasse de recursos ao Fundo Eleitoral para o próximo ano, que terá eleição, em plena pandemia. Inclusive muitos deputados que tem votos em São Gabriel votaram a favor. 

Na Câmara, a LDO foi aprovada por 278 votos a 145 (com uma abstenção) e no Senado, por 40 a 33. Segundo técnicos da Câmara e parlamentares, o fundo terá montante de R$ 5,7 bilhões em 2022, ano de eleições presidenciais, quase o triplo do registrado em 2018 e 2020, anos eleitorais em que o fundo era de R$ 2 bilhões.

A LDO estabelece as diretrizes para elaboração do Orçamento do ano que vem, incluindo as previsões de receitas e despesas e a meta fiscal. O Orçamento 2022 propriamente dito deve ser enviado pelo governo para apreciação do Congresso até 31 de agosto.

Muitos deputados com votos em São Gabriel votaram a favor do "fundão" eleitoral e outros votaram contra por conta das dificuldades que o povo brasileiro passa por causa da pandemia, que foi motivo de críticas dos deputados de esquerda e direita. Enquanto o fundo eleitoral triplica, a população sofre com o aumento dos preços, sem emprego e passando fome. 

VEJA COMO VOTARAM OS DEPUTADOS GAÚCHOS
SIM
Alceu Moreira (MDB)
Bibo Nunes (PSL)
Carlos Gomes (Republicanos)
Covatti Filho (PP)
Daniel Trzeciak (PSDB)
Giovani Cherini (PL)
Giovani Feltes (MDB)
Jerônimo Goergen (PP)
Liziane Bayer (PSB)
Lucas Redecker (PSDB)
Marcelo Brum (PSL)
Maurício Dziedricki (PTB)
Nereu Crispim (PSL)
Osmar Terra (MDB)
Paulo Vicente Caleffi (PSD)
Sanderson (PSL)

NÃO
Afonso Motta (PDT)
Bohn Gass (PT)
Fernanda Melchionna (PSOL)
Heitor Schuch (PSB)
Marcel Van Hattem (Novo)
Marcon (PT)
Maria do Rosário (PT)
Paulo Pimenta (PT)
Pompeo de Mattos (PDT)

AUSENTES
Afonso Hamm (PP)*
Henrique Fontana (PT)
Marcelo Moraes (PTB)
Márcio Biolchi (MDB)
Marlon Santos (PDT)
Pedro Westphalen (PP)**

* Afastado por estar se recuperando da covid-19
** Afastado por estar internado com covid-19

SENADORES
SIM: Luiz Carlos Heinze (PP)
NÃO: Lasier Martins (Podemos) e Paulo Paim (PT)

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 15/07/2021 21h10 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.