15 julho 2021

Bombeiro desaparecido em incêndio da SSP é natural de Lavras do Sul

Sargento Munhós, 51 anos, é natural de Lavras do Sul; ele foi um dos primeiros a chegar e desapareceu no combate ao incêndio no prédio da SSP, em Porto Alegre (foto divulgação)

Um dos bombeiros que estão ainda desaparecidos no incêndio do prédio da Secretaria de Segurança Pública do Estado nasceu na região. O Sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós, 51 anos, é natural de Lavras do Sul e está há cerca de 31 anos na corporação, descrito como um "apaixonado pela profissão". 

O sargento Munhós está na corporação desde 1990 e, atualmente, trabalha na Divisão de Logística e Patrimônio do Corpo de Bombeiros, junto ao Comando-Geral. Mesmo com tempo de serviço para estar aposentado, segue na ativa. Na noite do incêndio, de folga, decidiu ir para o local ajudar mesmo assim.

A filha única dele, de 21 anos, informou à imprensa da capital que estava se preparando para descansar e quando soube do incêndio, avisou que ia ajudar os colegas. Familiares estão apreensivos e sem notícias de Munhós, que foi homenageado por serviços prestados na carreira pelos Bombeiros, em 2020, com a medalha de ouro. A comunidade lavrense aguarda com angústia notícias sobre seu paradeiro.

Além de Munhós, segue desaparecido o Tenente Deroci de Almeida da Costa, 46 anos, que estaria junto do colega no momento em que ocorreu o desabamento de parte da estrutura do prédio. Almeida, como é conhecido na corporação, é natural de Rio Grande. Apesar do tempo passar, ainda há esperança de encontrar ambos com vida. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações de GZH 
Data: 15/07/2021 20h44 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.