Se a pandemia te atrapalhou, o REFIS te regulariza! Prefeitura de São Gabriel

Assine New Life Fibra - fibra óptica de qualidade para você!

Bariani Estética Automotiva - em novo endereço

www.peruzzo.com.br - Acesse, compre e receba em casa!

Painéis Solares A Elétrica - Energia Solar em até 120x

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Faça seu cartão Cauzzo e tenha os melhores profissionais para sua saúde

Sicredi-Faz-Mais-setembro.gif

Use Odontologia em São Gabriel - saúde bucal para você e sua família

Anúncio Dra Ana Paula Ross

15 maio 2021

Uruguai prorroga fechamento de freeshops até 23 de maio

Freeshops, que tem seu principal centro na região em Rivera, estão fechados desde março e data limite foi prorrogada até 23 de maio (foto reprodução/Sentinela 24h)

Prevista anteriormente para a próxima segunda-feira (17), a reabertura dos freeshops no Uruguai será adiada mais uma vez, remarcada para 23 de maio. As restrições foram adotadas pelo Governo do Uruguai por conta do aumento de casos de coronavírus no país vizinho, que passa pela segunda onda. 

O setor está fechado desde março e inicialmente este fechamento era previsto até 12 de abril, mas a situação foi se agravando e as medidas restritivas foram sendo prorrogadas. Dentro destas restrições, repartições públicas foram fechadas, ações de entretenimento foram suspensas, além de ginásios e cassinos também fechados. 

O fechamento dos freeshops é considerado "injusto" por representantes do setor e pedem a reabertura. Em abril, o Uruguai se tornou o país com maior taxa de contágio por milhão de habitantes do mundo. Nos últimos sete dias, o país registrou a maior quantidade de mortes por milhão em média. Em 2020, o PIB uruguaio caiu 5,9% - no Brasil, a queda foi de 4,1%. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações de GZH 
Data: 15/05/2021 11h54 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.