Se a pandemia te atrapalhou, o REFIS te regulariza! Prefeitura de São Gabriel

Assine 200 mega por 99,00 e leve mais 30 mega por 1 pila! CLIQUE AQUI

www.peruzzo.com.br - Acesse, compre e receba em casa!

Painéis Solares A Elétrica - Energia Solar em até 120x

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Clínica Imuniza - Muito mais do que vacinar, cuidar do seu bem estar - CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Faça seu cartão Cauzzo e tenha os melhores profissionais para sua saúde

O Sicredi Essência faz mais por você!

Use Odontologia em São Gabriel - saúde bucal para você e sua família

Anúncio Dra Ana Paula Ross

28 abril 2021

PDT se reúne para avaliar críticas de Pepeca Bertazzo a Ciro Gomes

Vereador criticou conduta do presidenciável Ciro Gomes durante sessão da Câmara e pode ser alvo da Comissão de Ética do PDT local (foto arquivo C7)

As manifestações do vereador Antônio Pedro de Brito Bertazzo, o Pepeca Bertazzo (PDT) repercutiram dentro da legenda de Leonel Brizola em São Gabriel. O partido deverá se reunir nesta quarta-feira (28), visto que a reunião prevista para segunda-feira não pode ser realizada por problemas de conexão dos integrantes da Executiva. O vereador discordou do presidenciável da legenda, Ciro Gomes, em manifestações recentes nas últimas sessões da Câmara de Vereadores.

A reportagem ouviu tanto o parlamentar quanto o presidente municipal do PDT, o ex-vereador Antônio Devair Moreira, o Beka. Pepeca confirmou as críticas a Ciro, mas que ele criticou outras lideranças que participaram de conferência recente na internet. "Apenas disse que ele era um desequilibrado e aí tivemos debates por parte de colegas do partido, mas me referia à conduta de Ciro, que é só pesquisar na internet e já encontra subsídios. Defendo que líderes políticos tem que ser elogiados, mas jamais endeusados, a ponto de ser 'puxa-saco' de alguém para estar em algum lugar. O Ciro já passou por vários partidos nessa vida", afirmou.

Até o dia que falou com a reportagem, o parlamentar não tinha sido citado pelo partido. "Fico sabendo de outras pessoas na rua que algumas lideranças teriam citado que poderiam tirar meu mandato e dar para minha suplente, por criticar o Ciro. É uma forma de aderir ao 'coronelismo', política que este cidadão acolhe e que não concordo", afirmando que não concorda com a postura de quem apoia o Ciro por ser do PDT. "O próprio Ciro criticava que Leonel Brizola era o 'suprassumo do atraso'. É incoerente apoiar alguém que declara isso e agora quer ser liderança no PDT, após passar por vários partidos", afirmou o vereador. Pepeca frisa que não concorda com Ciro por sua postura considerada radical perante demais políticos.

Sobre uma possível expulsão do partido, Pepeca acredita que pode ocorrer mas não teme se acontecer. "Quem faz as coisas de acordo com seus princípios, não tem o que temer. Se isso acontecer, vamos tomar as providências. Quanto a uma possibilidade de deixar o PDT, não vejo que isso ocorra, porque estamos no começo de mandato e trabalhando para nossa comunidade, mas não podemos deixar que os pensamentos ultrapassados afetem nosso mandato parlamentar, onde trabalhamos por nossa comunidade, que nos colocou aqui na Câmara e que esperamos que a democracia nos mantenha", finalizou. Em manifestações nas suas redes sociais, Pepeca criticou o que considera uma "censura" por parte de companheiros de legenda por emitir opiniões sobre o presidenciável.

O que diz o presidente do PDT?
Nesta quarta-feira, a reportagem conversou por telefone com o presidente do PDT, Beka Moreira, que se recuperou recentemente da covid-19. Ele disse que a reunião da Executiva será nesta quarta-feira, visto que problemas de conexão impossibilitaram sua reunião na última segunda e que o assunto será abordado e que tudo será analisado. "Vamos nos reunir nesta quarta-feira e definir o caminho a ser tomado, queremos ouvir os demais companheiros para ver o que cada um pensa, não queremos fazer nada apressado e nem precipitadamente", afirmou. 

Beka informou que reunião ocorrerá nesta quarta, para avaliar manifestações do vereador e se for o caso, tomar decisões (foto arquivo C7)

Beka disse que a decisão deverá ser coletiva. "Acreditamos que ele estivesse num momento eufórico, mas não vamos decidir sozinhos e sim com a votação da maioria, vamos dar o encaminhamento a ser tomado. Vamos ouvir também a sessão da Câmara para entender o que ele disse, até onde ele chegou e até onde o partido pode chegar, se for o caso, encaminhamos para a Comissão de Ética", concluindo que várias formas de sanções podem acontecer. O presidente ainda reforça que Ciro Gomes é um nome indicado com experiência e um projeto nacional para a reconstrução do país, que vivencia um momento difícil com a pandemia.  

As posições de Pepeca geraram discordâncias dos colegas de partido, Sildo Cabreira e Írio Rodrigues. Aguardaremos o desenrolar dos fatos. O que pode ocorrer é uma advertência por parte do partido ao vereador, mas aguardemos. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 28/04/2021 11h43
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.