Equipes da AGESG vistoriaram obras que seriam alvo de reclamações de moradores do Capiotti (foto divulgação AGESG)

As obras de infraestrutura do sistema de esgotamento sanitário, extremamente necessárias para melhorar a qualidade de vida da população, estão em ritmo acelerado. No entanto, em alguns bairros, o trabalho das equipes responsáveis vem causando transtornos e reclamações. É o caso do Bairro Capiotti, onde alguns moradores levaram suas reclamações à Agência Reguladora, após tentativas de solucionar as questões junto a São Gabriel Saneamento, responsável pelas obras.

Um morador da Rua Angelino Capiotti registrou formalmente uma ocorrência junto a AGESG apontando, entre outras questões, marcações em seu muro sem autorização, danos na sua calçada com a destruição de um acesso, danos no calçamento e depósito de material irregular nas vias. Segundo o morador, ele teria realizado diversas tentativas junto a empresa para solucionar as questões, sem sucesso.

Após uma vistoria no local, membros da Agência Reguladora e a Fiscal de Contrato, Engenheira Vanessa Borges, as questões foram verificadas e realmente constatadas, inclusive um depósito irregular de material muito próximo a sanga da Rivera, que já está sendo obstruída com o material de obra em virtude das chuvas. Diante disto a AGESG formalizou documento encaminhado para a São Gabriel Saneamento exigindo ações imediatas para solucionar os problemas no local.

Até o fechamento deste material enviado pela AGESG, a empresa não havia respondido e nem atendido ao pedido. Desta forma, diante do prazo legal estipulado em normativa, a Agência adotará as medidas de punição previstas.

Reportagem: Imprensa AGESG/Divulgação
Data: 04/02/2021 17h51
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.