12 fevereiro 2021

Bugio do Pedroso: Comunidade deve evitar o balneário

Reunião definiu por deliberar que comunidade evite o balneário nos próximos dias, para definir a situação do bugio que vive no Pedroso (foto Comunicação Social PMSG)

Durante o feriado de Carnaval e ao longo da próxima semana, o Governo Municipal recomenda que a comunidade evite freqüentar a área conhecida como “Balneário do Pedroso”, prolongamento do Assentamento Conquista do Caiboaté, que é de propriedade do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), em vista da presença de animal hostil. A deliberação é resultado de reunião convocada pelo prefeito em exercício Lucas Menezes, na manhã dessa sexta-feira, 12 de fevereiro, para tratar da situação do local, onde está vivendo um espécime primata “Bugio-Ruivo” (Alouatta guariba), alvo de discussão na comunidade por conta de dois episódios recentes de agressão a crianças no local, usado por muitas famílias durante o veraneio.

O prefeito em exercício ressaltou que o local não pertence ao Município, mas sim ao Incra, e que qualquer providência dependeria de pareceres de especialistas e da autorização de órgãos como IBAMA, Secretaria de Meio Ambiente e o Centro Nacional de Primatas (CENP), ligado à Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde. “Recomendamos que a comunidade evite o local, especialmente nesse feriado, tanto para evitar que alguma família sofra uma agressão como  também para impedir que o animal seja atacado, o que seria um grave crime ambiental”, assinalou.

Placas já foram colocadas no local em parceria com a ONG Patinhas & Focinhos, e uma bióloga da Universidade Federal de Santa Maria já realizou parecer preliminar sobre o animal. Segundo os especialistas presentes, será preciso uma análise técnica mais robusta e precisa, para decidir se é o caso de remover o animal para outra mata mais adequada ou se ele já está adaptado àquele habitat.

Participaram do encontro a sargento Nair Jacobsen e o soldado Diego Rodrigues, da Patrulha Ambiental da Brigada Militar; veterinária Adriana Pereira, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural; professor Thiago Gomes dos Santos, da Unipampa; Érica Borges, da ONG Patinhas & Focinhos; o diretor de Comunicação Social da Prefeitura, Cláudio Moreira, ex-chefe de gabinete do Incra; e, por teleconferência, o professor Paulo Heerdt Júnior, do Serviço de Proteção Ambiental do Incra, órgão proprietário da área.

Reportagem: Comunicação Social Prefeitura de São Gabriel
Data: 12/02/2021 17h41
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.