15 setembro 2020

Opinião do leitor


Fernanda Theresinha Pedroso Padilha
, advogada
Nidiele Dornelles Silveira
Patrícia Medianeira Barrozo
Bacharelas em Direito

TEMOS UM TETO DE VIDRO A QUEBRAR 
Rupi Kaur, poeta feminista de origem étnica indiana, refere que “tem montanhas que crescem, bem debaixo do nosso pé e isso ninguém  controla, tudo que enfrentamos nos preparou para esse momento,  venham com martelos e punhos, temos um teto de vidro a quebrar”. 

Então... eis que tudo passa... Foi em um dia quente como qualquer  outro de dezembro que nos tornamos Bacharéis em Direito. Felicidade  ímpar, momento inexplicável para cada uma de nós. Um sonho realizado!  Mal sabíamos, contudo, que ao mesmo tempo em que iniciavamos nossa tão sonhada trajetória profissional, estaríamos imersas nos  avassaladores efeitos do coronavírus...  

Dizem que a pandemia propôs a quebra de paradigmas. Novos  cenários para o exercício das profissões. Não seria diferente para a  carreira jurídica. O que vinha, aos poucos, tornando-se virtualizado,  sofreu uma acentuada aceleração. Não que isso nos impeça de colocar  em prática o que aprendemos nos cinco anos de graduação, mas com  toda a certeza nos fez (re)pensar as circunstâncias do início da nossa  jornada.  
Sabíamos que não seria fácil estabelecermo-nos num mercado de  trabalho concorrido e repleto de profissionais de renome... como ganhar espaço? Pois bem, apesar das coisas não transcorrerem como planejávamos – afinal, o cotidiano não está sob o controle dos vade mécuns – sabemos que desistir é uma palavra excluída de nosso vocabulário.

A vida é assim: quando parece que tudo acabou é apenas uma nova  chance de começar. Abdicar de tantos desfrutes de uma vida jovem em  prol do sonho da formatura nos fez fortes para seguir e para reprogramar  a rota sempre que o caminho estiver com algum tipo de obstáculo.  

Se for preciso, quebraremos o teto de vidro e ficaremos com a beleza  das estrelas! Sigamos!

- Fernanda Theresinha Pedroso Padilha, advogada, (55)99689-7353 
- Nidiele Dornelles Silveira, bacharel em direito, (55) 996590960 
- Patrícia Medianeira Barrozo, bacharel em direito, telefone (55) 991949651

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.