30 junho 2020

Incra celebra 50 anos com ações no Rio Grande do Sul

Sob a gestão de Tarso Teixeira no RS, INCRA teve muitos avanços no Estado, às vésperas do órgão completar 50 anos (foto arquivo C7)
Com foco em promover a titulação definitiva dos lotes de assentamentos da reforma agrária e também de Comunidades Remanescentes de Quilombos como forma de prover cidadania às famílias mais vulneráveis do campo, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária celebra 50 anos no próximo dia 09 de julho.  Em tempo de pandemia, as comemorações envolvem menos celebrações festivas e mais números. No Rio Grande do Sul, segundo o superintendente Tarso Teixeira, a autarquia pretende entregar 218 títulos nos próximos 15 dias, como parte das comemorações do aniversário do Incra.

“Em 49 anos de história, tendo sob sua responsabilidade direta mais de 12 mil famílias em 344 assentamentos no Estado, o Incra titulou somente 308 lotes. Vamos superar esta marca neste ano de 2020, mesmo com as drásticas reduções de força de trabalho por conta da pandemia”, assinalou.

Além disso, o Incra estimula parcerias para ampliar o potencial produtivo dos assentamentos, com ênfase em atividades adaptáveis a pequenos lotes, como apicultura, olivicultura e ovinicultura, em diálogo com forças como a Embrapa, Emater, Senar, Associação Abelha Brasil e outros. A experiência de Tarso Teixeira como ex-presidente do Sindicato Rural de São Gabriel e como vice-presidente da Farsul auxilia nestas conversações. “Estamos trabalhando com intensidade para promover a cidadania dos assentados e a paz no campo. Sempre defendi o direito de propriedade, e agora temos a possibilidade de estender esse direito humano básico também aos assentados”, ressaltou.

A data está sendo homenageada também com uma proposta de moção de louvor da Assembléia Legislativa, feita pelo deputado Thiago Duarte (DEM), e da Câmara de Porto Alegre, pelo vereador Hamilton Sossmeier (PTB). No interior, Câmaras como as de São Gabriel e Sant’Ana do Livramento estão também enviando moções de louvor pelo papel do Incra em 97 municípios gaúchos.

AGENDA INCRA 50 ANOS: AÇÕES NO RS
- 94 títulos do Assentamento Santa Helena, município de São Miguel das Missões,
- 56 títulos do Assentamento Itapuí Meridional, município de Nova Santa Rita,
- 25 títulos do Assentamento Sepé Tiarajú, em Capão do Cipó;
- 43 títulos do Assentamento Santa Rita, em Capão do Cipó;

totalizando 218 títulos para entrega nos próximos 15 dias, dependendo somente de atribuição de matrículas junto ao SIPRA.
- Criação de Comissão para atribuir os créditos do PNRA aos territórios quilombolas reconhecidos, totalizando mais de 150 comunidades;
- Retomada das parcerias com os municípios para doação dos serviços de georreferenciamento ao Incra;
- Recepção de um ônibus e uma van do extinto MDA para atividades de fomento produtivo nos assentamentos em parceria com outros entes públicos (SFA, Senar, Embrapa);
- Voto de Louvor nas Câmaras Municipais de Porto Alegre (Vereador Hamilton Sossmeier-PTB), Sant’Ana do Livramento (Vereador Marco Monteiro-PSDB) e São Gabriel (Mesa Diretora do Poder Legislativo).
- Voto de Louvor da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, apresentado pelo deputado Thiago Duarte (DEM).

Reportagem: Cláudio Moreira/Especial C7 
Data: 30/06/2020 10h15
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.