Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Governo do Estado muda região de São Gabriel para bandeira laranja

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Agora em São Gabriel, preço e qualidade no mesmo lugar - Posto JP Santa Lúcia

Chega de pagar caro na conta de luz - Vá de Ecotec Energy

La Belle - Para mulheres de bom gosto

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel Previna-se com o Fisk - Wash your hands

Ichthus Sabores - Seu mais novo delivery em São Gabriel

Promoção Urbano 60 anos - 1 milhão em prêmios

Compre no Comércio local - Uma campanha CDL e ACI São Gabriel

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - proteja-se de golpes

Studio H de Mana, em novo endereço

Chiabotto Lanches - a nova opção de lanches para a comunidade gabrielense

Centro Africano do Pai Oxalá - Moises de Oxalá

Governo do Estado muda região de São Gabriel para bandeira laranja

Região de São Gabriel mudou da bandeira amarela para laranja, por causa do aumento de casos em Uruguaiana (reprodução Governo do Estado)
O Governo do Estado divulgou neste sábado (16) o balanço do Distanciamento Controlado com a mudança de bandeiras de risco nas regiões delineadas. A região de São Gabriel, que integra Uruguaiana e Alegrete, mudou de classificação de risco, de amarela (baixo risco) para laranja (risco médio) e o Estado não tem mais zonas com risco alto, na bandeira vermelha.



Lajeado, que era bandeira vermelha, baixou para a laranja pela melhora dos indicadores: número de casos semanais e variação no número de internados por alguma Síndrome Respiratório Aguda Grave (SRAG). Segundo o governo, o crescimento de número de casos semanais caiu de 20% para 17% e a variação no número de internados por SRAG em UTI também reduziu em 7%.

Já a elevação das restrições para a região de Uruguaiana ocorre, segundo o governo, principalmente pelo acréscimo de quatro casos confirmados pelo teste RT-PCR nos últimos 14 dias. Na semana passada, a soma das últimas duas semanas era de 3 casos confirmados por RT-PCR, número que aumentou para sete nos últimos 14 dias. O governo afirma que essa velocidade de crescimento justifica a alteração de bandeira na região.

A mudança de cor não altera até o momento o funcionamento do comércio na região, mas recomenda a manutenção das medidas de cuidado que são as seguintes para todas as regiões:

* Usar máscara
* Distanciamento de 2m entre as pessoas
* Limite de ocupação nos estabelecimentos
* Isolamento de pessoas suspeitas ou confirmadas com COVID-19
* Higienização constante nos ambientes
* Usar equipamentos de proteção individual
* Proteger grupos de riscos no trabalho
* Cuidados com o público em geral

A cor das bandeiras — que vai da amarela (menor risco) à preta (maior risco e ainda não utilizada) — serve para definir quais setores econômicos podem atuar em casa região e sob qual nível de protocolo. Elas serão atualizadas semanalmente. A atualização resultará em mudanças de protocolos a partir da próxima segunda (18) e valerá até o dia 24.


O governo informa ainda que, em geral, a velocidade de crescimento do vírus teve queda nesta semana, destacando que o número de casos confirmados por RT-PCR reduziu 6,08% (de 444 para 417), o número de internados em UTI por SRAGs reduziu em 1,75% (de 229 para 225), o número de internados em leitos clínicos por covid-19 aumentou 22,70% (de 141 para 173), o número de internados em leitos UTI por covid-19 aumentou 2,38% (de 126 para 129), o número de leitos de UTI adulto disponíveis para atender covid-19 diminuiu 5,48% e o número de óbitos por covid-19 diminuiu 6,25% (de 32 para 30).

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações do Governo do Estado e G1 
Data: 17/05/2020 11h53
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: