Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Rosário: Prefeitura decreta situação de emergência por causa do coronavírus

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Para matar sua fome, pede uma Baita Pizza em São Gabriel! Clique aqui e saiba mais!

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Dia 22 de março - Dia Mundial da Água

Conheça o novo endereço da Pohlmann Móveis em Madeira e Decoração

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Se proteja do Coronavírus com as dicas do Sicredi

Studio H de Mana, em novo endereço

Rosário: Prefeitura decreta situação de emergência por causa do coronavírus

A Prefeitura de Rosário do Sul decretou situação de emergência nesta quinta-feira (19) por conta da pandemia de coronavírus e tem seis suspeitas da doença no município. Na medida, a Prefeita Zilase Rossignolo suspende eventos culturais, festas, cultos e o serviço externo da Prefeitura Municipal, além de procedimentos eletivos da saúde e proíbe a entrada de ônibus de turismo na cidade até 17 de abril.



Estão suspensas as atividades em casas noturnas, boates, teatros, museus, circos, bibliotecas, sedes sociais de clubes, igrejas e templos religiosos, assim como suspende o atendimento presencial ao público na Prefeitura, salvo serviços relacionados à saúde. O decreto reduz em até 50% o trabalho em academias, restaurantes e bares, comércio e serviços em geral, bem como estabelece regras de higienização e distância nestes locais.


Diante do exposto estabelece a suspensão do atendimento ao público na prefeitura, ficando o mesmo somente por telefone e por e-mail, no qual os servidores trabalharão de forma escalonada, sem prejuízo as demandas consideradas essenciais e atenta para o cumprimento dos artigos 12 ao 17, com o intuito exclusivo de salvaguardar a saúde da população evitando a propagação rápida do coronavírus, havendo desta forma, fiscalização por parte das autoridades quanto ao cumprimento do mesmo.

O decreto vale até 17 de abril, podendo ser prorrogado por mais quinze dias se necessário for. Há seis casos suspeitos de coronavírus no Hospital da cidade, mas sem confirmação. "Os tempos são difíceis, mas enfrentaremos juntos este período. Nossa preocupação maior é proteger principalmente, os mais vulneráveis, pois independente de decretos, a conscientização é a melhor maneira", destacou Zilase Rossignollo. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 19/03/2020 20h41 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: