09 março 2020

Mais um flagrante de briga nas proximidades de clube

Mais uma briga na região de clube ocorreu na madrugada de domingo, envolvendo duas mulheres (foto reprodução)
No final da madrugada de domingo (8), mais uma briga ocorreu nas proximidades de um clube que fica em frente à Praça Carlos Pereira e está circulando em grupos de Whatsapp. No vídeo, duas jovens brigam na esquina das Ruas Coronel Soares e Maurício Cardoso e com violência, chegando a parar no chão e se ferir.




No vídeo que circula na internet, as jovens estão agarradas, puxando os cabelos e há uma multidão à volta, alguns deles participando da briga, com chutes e outras agressões. Depois de um certo tempo, as duas são separadas, exauridas e quase sem roupa. Segundo informações, a Brigada Militar não chegou a ser acionada. É o quinto fato consecutivo que ocorre na região, que já virou cenário de ocorrências policiais. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 09/03/2020 17h26 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.