Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Coronavírus: Bagé fechará o comércio por sete dias

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Para matar sua fome, pede uma Baita Pizza em São Gabriel! Clique aqui e saiba mais!

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Dia 22 de março - Dia Mundial da Água

Conheça o novo endereço da Pohlmann Móveis em Madeira e Decoração

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Se proteja do Coronavírus com as dicas do Sicredi

Studio H de Mana, em novo endereço

Coronavírus: Bagé fechará o comércio por sete dias

Bagé, que tem dois casos de coronavírus, decretou fechamento do comércio por sete dias como medida de impedir a propagação do contágio
Após a confirmação de dois casos de coronavírus na cidade, a Prefeitura de Bagé convocou reunião com o Comitê Municipal e decidiu uma medida radical mas necessária: o Prefeito Divaldo Lara assinou um decreto que determina, a partir desta sexta-feira (20), o fechamento do comércio local, academias, universidades e todo tipo de serviço, exceto os essenciais, por sete dias.



Os restaurantes e lancherias devem funcionar em regime de delivery. Estas medidas são válidas a partir da meia-noite desta quinta-feira (19) e, após o prazo estipulado, uma nova reunião deve avaliar a permanência ou não das determinações. Serviços essenciais como farmácias, clínicas de atendimento, mercados e postos de combustíveis e bancos continuam em funcionamento.

Também foi emitido o decreto 050 de 19 de março de 2020, declarando estado de calamidade pública em toda a extensão do município , para fins de prevenção e de enfrentamento à epidemia causada pelo Covid-19. Entre as principais medidas, estão a PROIBIÇÃO, pelo prazo de quinze dias, diante das evidências científicas e análises sobre as informações estratégicas em saúde de:

- Circulação e do ingresso, no território do município, de veículos de transporte coletivo interestadual, público e privado, de passageiros;
- Da realização de eventos e de reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídas excursões, cursos presenciais, missas e cultos religiosos, com mais de trinta pessoas;
- Aos produtores e aos fornecedores de bens ou de serviços essenciais à saúde, à higiene à alimentação de elevar, excessivamente, o seu preço ou exigir do consumidor vantagem manifestamente excessiva, em decorrência da epidemia causada pelo COVID-19.

Entre as determinações, estão que o transporte público de passageiros, público e privado, urbano e rural, em todo o território do município, seja realizado sem exceder a capacidade de passageiros sentados; fiscalização pela Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (SSM) e Coordenadoria de Vigilância Sanitária dos estabelecimentos, entidades e empresas, transporte público, acerca do cumprimento das normas estabelecidas no decreto.

O decreto também autoriza que sejam adquiridos bens, serviços e insumos de saúde destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do vírus, com dispensa de licitação, observando a lei federal nº 13979.

Um sistema mais intenso de limpeza no transporte coletivo foi determinado por meio do documento construído com participação do comitê e assinado pelo prefeito, que traz, ainda, diversas recomendações.
As repartições da administração pública municipal devem limitar o atendimento presencial ao público apenas aos serviços essenciais, bem como organizar as escalas de servidores para reduzir a circulação desnecessária, priorizando o teletrabalho e o revezamento.


Todas as orientações oficializadas no decreto estarão disponíveis no site da Prefeitura Municipal de Bagé (www.bage.rs.gov.br). Diariamente, às 17h, será emitido boletim oficial na página da Prefeitura no Facebook, com as informação atualizadas sobre a pandemia.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 19/03/2020 19h55
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: