21 fevereiro 2020

Repórter é agredido durante cobertura jornalística em Alegrete

Enquanto fazia cobertura de denúncia na Delegacia de Polícia de Alegrete, o repórter Dariano Moraes (de azul) foi agredido pelo empresário Gilson Vaucher; câmera registrou parte da agressão ao vivo (foto reprodução/Face Repórter Alegrete)
Uma agressão repercutiu na cidade de Alegrete nesta semana. O repórter Dariano Moraes, que tem a página Face Repórter na rede social Facebook, foi agredido durante trabalhos jornalísticos na Delegacia de Polícia da cidade, enquanto acompanhava mais uma apreensão de ônibus da empresa Vaucher, que anda enfrentando sérios problemas de manter o serviço na cidade. A agressão, que foi transmitida ao vivo no Facebook, aconteceu na quinta-feira (20).



O repórter já vem acompanhando há meses a situação do transporte coletivo de Alegrete, que é desempenhado pela Vaucher. Ele transmitia ao vivo quando da chegada do proprietário da empresa, Gilson Vaucher, o mesmo começou a agredi-lo dentro da Delegacia, tudo registrado ao vivo. O celular caiu no chão e registrou parte do momento em que Vaucher desferia socos e agrediu violentamente o repórter. Uma escrivã interviu na briga e precisou ameaçar puxar sua arma para impedir a continuidade das agressões.

A câmera seguiu gravando. O agressor ainda questionou o profissional de imprensa, "é repórter de quem?" e seguiu ameaçando o mesmo. Em seu perfil no Facebook, Dariano vem fazendo denúncias contra a empresa, que não estaria prestando um bom serviço em Alegrete. É algo lamentável contra profissionais de imprensa. Confira abaixo o vídeo da agressão:



Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 21/02/2020 09h43 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário: