Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Morre o jornalista Nilo Dias

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Para matar sua fome, pede uma Baita Pizza em São Gabriel! Clique aqui e saiba mais!

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Colégio Perpétuo Socorro contra o coronavírus

Conheça o novo endereço da Pohlmann Móveis em Madeira e Decoração

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Se proteja do Coronavírus com as dicas do Sicredi

Studio H de Mana, em novo endereço

Morre o jornalista Nilo Dias

Jornalista Nilo Dias faleceu neste domingo em Brasília aos 79 anos (foto Viva São Gabriel)
Morreu neste domingo (9) aos 79 anos, o jornalista gabrielense (por adoção, porque nasceu em Dom Pedrito) Nilo Dias Tavares, que residia há anos em Brasília. Nilo foi o autor de uma das principais obras sobre o futebol gabrielense, "100 anos de futebol em São Gabriel", sobre a história do esporte na Terra dos Marechais e desenvolveu vários trabalhos na imprensa local, estadual e nacional. Não foi informada a causa da morte até o momento.



Nascido em 3 de abril de 1941, era pesquisador e jornalista aposentado. Trabalhou nas empresas Caldas Júnior e RBS, de Porto Alegre e em diversas rádios, jornais, revistas e televisão. Foi colunistas de jornais como o Jornal da Cidade e O Fato, mais recente, além de ser correspondente de A Razão e ter seu jornal, o Tribuna do Povo. Também foi um dos fundadores da Rádio Batovi. Desde 1999 morava em Brasilia, onde trabalhou nas assessorias de imprensa do Ministério de Minas e Energia, Câmara de Gestão da Crise de Energia Elétrica (GCE) e Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Além disso, Nilo Dias era bastante ativo na internet, onde tinha três blogs - Nilo Dias Repórter, Relíquias do Futebol e Viva São Gabriel, com artigos de opinião, histórias do futebol e de São Gabriel, que mesmo distante nunca deixou de amar. Era casado com a jornalista Teresinha Motta e pai de sete filhos: Carlos César, Sandra, Janice, Nilo Sérgio, Leandra, Fabiana e Leonardo.

Seu último livro foi "Xavantes de Ouro", sobre o Brasil de Pelotas. Era conhecido por ter uma opinião forte também, onde defendia suas opiniões fervorosamente. Ligado à ideais socialistas, foi um dos principais entusiastas dos Governos do PT. No esporte, era apaixonado pelo Internacional e o Brasil de Pelotas.


Segundo informações da família nas redes sociais, o velório será na terça a partir das 8h da manhã, na capela principal do cemitério de Sobradinho (DF). À família, nossos sentimentos. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 10/02/2020 09h44
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: