Se a pandemia te atrapalhou, o REFIS te regulariza! Prefeitura de São Gabriel

Assine 200 mega por 99,00 e leve mais 30 mega por 1 pila! CLIQUE AQUI

www.peruzzo.com.br - Acesse, compre e receba em casa!

Painéis Solares A Elétrica - Energia Solar em até 120x

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Clínica Imuniza - Muito mais do que vacinar, cuidar do seu bem estar - CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Faça seu cartão Cauzzo e tenha os melhores profissionais para sua saúde

O Sicredi Essência faz mais por você!

Use Odontologia em São Gabriel - saúde bucal para você e sua família

Anúncio Dra Ana Paula Ross

19 fevereiro 2020

Exército lembra os 75 anos da Tomada de Monte Castelo na sexta

Solenidade que marca os 75 anos da tomada de Monte Castelo pela Força Expedicionária Brasileira acontecerá nesta sexta-feira, em frente ao Museu Gaúcho da FEB
Na próxima sexta-feira, 21 de fevereiro, a Guarnição Federal de São Gabriel realiza formatura comemorativa aos 75 anos da tomada de Monte Castelo, a campanha mais importante da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Itália, durante a 2ª Guerra Mundial. A formatura será a partir das 11 horas, em frente ao Museu Gaúcho da FEB, na Praça Carlos Pereira.



O evento é realizado pela Guarnição, formada pelas três unidades militares da cidade - 6º Batalhão de Engenharia de Combate, 9º Regimento de Cavalaria Blindado e 13ª Companhia de Comunicações Mecanizada. A data da formatura é exatamente no dia em que ocorreu a tomada da região italiana pelas forças comandadas pelo Marechal gabrielense João Baptista Mascarenhas de Moraes. 

Breve histórico
A tomada de Monte Castelo (Itália), ocorrida na II Guerra Mundial e que deu início a rendição dos alemães, teve início em 24 de novembro de 1944, realizada pela Força Expedicionária Brasileira (FEB), comandadas pelo Marechal João Baptista Mascarenhas de Morais.

A data marca o começo da ofensiva na região montanhosa italiana, que estava sob controle dos alemães. O principal obstáculo foram as baixas temperaturas, que chegavam a 15 graus abaixo de zero. O Brasil teve o apoio das forças americanas, mas não foi fácil devido a resistência das forças alemãs. Foi preciso várias tentativas para quebrar esta barreira.

A tomada foi concluída em 21 de fevereiro de 1945, quando as tropas da FEB concluíram os ataques aos alemães. E o gabrielense Mascarenhas de Morais teve grande papel decisivo neste momento histórico, comandando as tropas e levando as estratégias a campo. O último pracinha vivo, o Tenente Alfeu Alves, faleceu em 2010, aos 89 anos.


A história de Mascarenhas foi eternizada com o Monumento ao Expedicionário, existente na Praça Dr. Fernando Abbott, bem como no Museu Gaúcho da FEB, situado na antiga Estação Férrea, na Praça Carlos Pereira, com as lembranças deste triste conflito.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 19/02/2020 22h45
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.