Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Prefeitura encaminha reajuste salarial de servidores à Câmara

Para matar sua fome, pede uma Baita Pizza em São Gabriel! Clique aqui e saiba mais!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Conheça o novo endereço da Pohlmann Móveis em Madeira e Decoração

11-03-2020 - Pink Panther Night

07-03-2020 1º Baile do Chopp em São Gabriel

22-02-2020 Prestigie o Carnaval da Despertar, na Seven! Baile com Tudo di Bom. Clique aqui para mais info

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Jogue Limpo Com a Sua Cidade - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

A União Faz a Vida - Gente que faz pergunta cresce - Sicredi

Studio H de Mana, em novo endereço

Prefeitura encaminha reajuste salarial de servidores à Câmara

Após estudos, Prefeito solicitou à Câmara agendamento de sessão extraordinária para projetos de lei que reajustam vencimentos de servidores municipais (foto Comunicação PMSG)
O Prefeito Rossano Gonçalves encaminhou nesta terça-feira (21), solicitação para a Câmara de Vereadores para sessão extraordinária que votará o reajuste salarial dos servidores municipais, professores e do vale alimentação. O pedido foi encaminhado após reunião do Prefeito com o Secretário de Administração, Valdemir Jobim (Tita) e terá reposição média de 4% nos vencimentos e no vale, além do Piso do Magistério.



Os projetos pedem os seguintes reajustes: revisão geral dos vencimentos dos servidores em um índice de 4,4%, de acordo com reflete o índice IPC/FIP de janeiro a dezembro de 2019, em acordo com o determina a legislação (data base dos servidores). Este mesmo índice está sendo concedido para o vale-alimentação, para que se mantenha o seu poder de compra, além do abono em caso de aposentadoria; elevar o salário básico ao valor do salário mínimo nacional; e reajustar o piso salarial do magistério municipal em 12,84%, de acordo com o piso nacional.


A Prefeitura informa que por tratar-se de ano eleitoral, a legislação não permite que seja concedido aumento real acima dos índices oficiais. Ainda não está decidido quando ocorrerá a sessão extraordinária. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 21/01/2020 13h08
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: