12 novembro 2019

Em protesto, assentados bloqueiam ponte do Pedroso por situação crítica da RS-630

Assentados e moradores da região do Passo do Pedroso bloquearam a estrada e uma das pontes nesta terça-feira, 12 de novembro, para chamar a atenção sobre estado precário das pontes e da RS-630 na região
Situação das pontes e da RS-630 no local é crítica

Temerosos pela situação precária das pontes que existem no Passo do Pedroso e também da RS-630, que apresenta buracos e má conservação naquela região, assentados da Região Sul do município bloquearam a ponte em protesto para mostrar ao Governo do Estado a péssima situação do local. O bloqueio está ocorrendo na manhã desta terça-feira, 12 de novembro e o objetivo é chamar a atenção para que alguma providência seja feita antes que ocorra uma tragédia.




Ontem, um caminhão atolou em um dos borrachudos; hoje foi a vez de um ônibus escolar. Outros veículos pesados estão parados na região
A estrada está em péssimas condições - um ônibus escolar atolou na manhã de hoje após a primeira ponte em um borrachudo e na segunda-feira, um caminhão também atolou na região. Alunos e professores não puderam se deslocar para o interior. A líder do MST, Ana Cristina Quevedo, salientou que as pontes estão em péssimo estado, o que foi agravado pelas chuvas recentes. "Se não fizerem algo por nós, será que vamos ter que invadir a Prefeitura para olharem por nós? Queremos que o Estado faça algo", afirmou.

Essa é a situação da segunda ponte, próximo à entrada do antigo balneário; uma tora de madeira foi colocada para sinalização. Situação das pontes assusta

Cabeceiras estão desgastadas, também em razão das frequentes enchentes e chuvas

Estado da principal ponte está no limite; autoridades buscam junto ao DAER uma solução para o problema

Assentados e moradores pedem providências urgentes antes que uma tragédia ocorra 
As pontes estão quebradas e uma delas com o madeiramento ponte, além de buracos nas cabeceiras desgastadas. A segunda ponte está com um buraco sinalizado por uma tora de madeira e só veículos leves passaram no local até então. Um vídeo foi gravado por estudantes, mostrando a preocupação com a grave situação do local.

Os vereadores Éder Barboza (PT) e André Focaccia (PSD) tem pedido providência para que o Estado troque as madeiras da ponte. Focaccia esteve junto ao DAER em Porto Alegre, e segundo informações, as equipes deverão estar a partir de quinta-feira em São Gabriel para fazer um possível conserto da ponte. O assessor do vereador Éder, Nicholas Dutra, também foi verificar a situação e conversar com os moradores, que expressaram sua preocupação.

A situação pode piorar, visto que há previsão de mais chuvas a partir de quarta-feira. Confira a reportagem em vídeo feita no local. Será que é preciso acontecer uma tragédia para algo ser feito?



Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 12/11/2019 11h05 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.