Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Cheias do Vacacaí deixam mais de 200 desabrigados

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Para matar sua fome, pede uma Baita Pizza em São Gabriel! Clique aqui e saiba mais!

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Dia 22 de março - Dia Mundial da Água

Conheça o novo endereço da Pohlmann Móveis em Madeira e Decoração

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Se proteja do Coronavírus com as dicas do Sicredi

Studio H de Mana, em novo endereço

Cheias do Vacacaí deixam mais de 200 desabrigados

Nível do Rio Vacacaí, que está acima de 6,3 metros, inundou 60 residências nos bairros atingidos e desabrigou 240 pessoas
As cheias do Rio Vacacaí, que atingiram 6,35 metros na manhã desta quinta-feira (31) e que fizeram a Prefeitura de São Gabriel decretar emergência, inundaram até o momento 60 casas e deixando cerca de 240 desabrigados. Apesar da parada das chuvas, a expectativa é que as águas possam subir ainda mais, embora tenha havido uma pausa. Mas por enquanto, não deverá chegar perto da enchente de janeiro, a maior já registrada.



Monumento de Yemanjá dá ideia do nível em que o rio está após quatro dias de chuvas

Expectativa é que nível possa ter descréscimo, mas há previsão de mais chuvas no final de semana de Finados
A Defesa Civil e o Exército estão dando suporte para as famílias nos locais atingidos - Beira-Rio, Mato Grosso, Passo da Lagoa, Costa do Vacacaí e Vila Maria - onde há interrupção de vias. Na RS-630, o rio já interrompeu a estrada na altura do Passo do Pinto, onde o Vacacaí tem passagem, assim como o Pedroso.

Cerca de 60 famílias saíram de suas casas nas áreas afetadas
A expectativa é que a subida do rio estanque com esses dois dias de trégua da chuva até sábado, quando as chuvas deverão retornar ao Estado com a chegada da frente fria. As principais necessidades perante doações nesse momento crítico são alimentos e materiais de limpeza que podem ser entregues diretamente a quem precisa na região atingida ou na central da Secretaria de Assistência Social, bairro Menino Jesus. Informações e ajuda podem ser obtidas pelos seguintes telefones:

Plantão Defesa Civil - (55) 99988 5026
Defesa Civil RS - 199

Bombeiros - 193
Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 31/10/2019 16h04
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: