Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Casal é sentenciado à prisão por assassinato de motorista no Corredor de Bagé

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Para matar sua fome, pede uma Baita Pizza em São Gabriel! Clique aqui e saiba mais!

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Colégio Perpétuo Socorro contra o coronavírus

Conheça o novo endereço da Pohlmann Móveis em Madeira e Decoração

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Se proteja do Coronavírus com as dicas do Sicredi

Studio H de Mana, em novo endereço

Casal é sentenciado à prisão por assassinato de motorista no Corredor de Bagé

Resultado do júri dos assassinos do motorista José Valdecir (foto menor), morto em abril de 2017 no Corredor de Bagé, saiu no começo da tarde desta quarta-feira; ambos pegaram penas superiores a 15 anos de prisão em regime fechado (fotos arquivo C7)
O casal responsável pelo assassinato do motorista José Valdecir da Silva Coelho, 47 anos, foi condenado à penas severas pela Justiça local no começo da tarde desta quarta-feira, 9 de outubro. O julgamento terminou próximo das 15h, com penas acima dos quinze anos de cadeia para Michele da Silva Machado, 34 anos e Vitor Mateus Sigal Moreira, 50 anos. O crime aconteceu em 29 de abril de 2017, na RS-473, conhecida como Corredor de Bagé.



Vitor Mateus foi condenado à 16 anos e 5 meses de prisão pelos crimes de homicídio qualificado e constrangimento ilegal e Michele, a 15 anos de prisão, por homicídio qualificado, ambos em regime fechado. A sentença foi proferida pela Juíza de Direito Juliana Capiotti, que enumerou motivos torpe, impossibilidade de defesa da vítima, dissimulação e emboscada como determinantes para a condenação.


Ambos foram encaminhados para o Presídio Estadual de São Gabriel para imediato cumprimento da pena. Atuaram na defesa dos acusados os advogados Tiago Battaglin e Gustavo Segala, com assistência de Bruno Aloy. Na parte de acusação, esteve a Promotora Lisiane Villagrande Veríssimo. José Valdecir foi atraído pelo casal até o local e morto em emboscada, por motivo passional. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 09/10/2019 16h56 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: