Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Amfro realiza Debate sobre o futuro do arroz na Fronteira Oeste

28-12 2º Reveillon Gaudério - CTG Querência Xucra

Prestigie o Show de Encerramento do Ano do Colégio Perpétuo Socorro - 13 de dezembro, às 20h30

Natal Tottal - em até 10x sem juros

13/12 - Pré-reveillon Protege, na Seven

Dotto Advocacia - Cível, criminal, trabalhista, trânsito - clique aqui para entrar no site

Conheça o Espaço Terapêutico Infinity, em São Gabriel

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Matrículas abertas no Colégio Perpétuo Socorro para 2020!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Colabore com a limpeza da cidade, não jogue lixo na rua! Jogue Limpo com sua Cidade!

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Faça seu dinheiro crescer investindo no Sicredi

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

CacauShow em novo endereço em São Gabriel. Venha conferir!

Amfro realiza Debate sobre o futuro do arroz na Fronteira Oeste

Evento foi o primeiro voltado a debates e teve como tema a crise envolvendo o setor orizícola, que passa por baixa dos preços perante a soja
A Associação dos Municípios da Fronteira Oeste (Amfro) realizou nesta sexta-feira (9) em São Gabriel, um amplo debate sobre a situação do arroz na região, composta pelos treze municípios, visto que o preço do produto está cada vez mais desvalorizado. Na pauta, a posição dos prefeitos em apoio ao setor orizícola que é a base econômica dos municípios da região, em um fórum que ocorreu na Casa do Sindicato Rural no Parque de Exposições Assis Brasil, durante a manhã e que teve a participação do Senador da República, Luiz Carlos Heinze (Progressistas), que chegou no final do evento.



Evento aconteceu na Casa do Sindicato Rural no Parque Assis Brasil e contou com prefeitos e representantes dos treze municípios integrantes

Os debates que ocorreram durante a manhã geraram a "Carta de São Gabriel" pedindo medidas das autoridades federais e estaduais para maior apoio à cadeia produtiva orizícola 
Um manifesto foi aprovado pelos prefeitos, contextualizando a situação no Estado que conta com mais de nove mil lavouras de arroz e em torno de 12 mil produtores “literalmente pagando para trabalhar”, afirmou o manifesto de São Gabriel, feito ao final do evento. A preocupação é com a crise que se apresenta no setor orizícola.

Os prefeitos da AMFRO, presidida pelo Prefeito de São Borja, Eduardo Bonotto, preocupados com o maior endividamento dos produtores que pagam para trabalhar sem vislumbrarem um futuro de prosperidade, afirmam que a região representa 16,4 % do território gaúcho, em que cinco municípios da Fronteira Oeste estão entre os 10 maiores produtores de arroz do Estado.


A luta é no sentido de conscientizar as autoridades estaduais e federais para maior apoio à cadeia produtiva orizícola, através do fortalecimento e ampliação do mercado e uma ação conjunta envolvendo produtores, governo, indústria e centros de distribuição. Participaram prefeitos dos treze municípios integrantes da entidade, mais o prefeito de Dom Pedrito, Mário Augusto de Freire Gonçalves. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 09/08/2019 17h58 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: