Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Morre homem vítima de acidente na BR-290 no mês de junho. Família acusa hospital de negligência

Ofertaço Grazziotin - de 16 a 20 de outubro

O Poder da Clareza - 17 de outubro em São Gabriel

Inauguração da filial Porto Lanches na quinta, 10 de outubro

12 de outubro - Dia de Nossa Senhora Aparecida - lembrança do Colégio Perpétuo Socorro

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Máquina de cartões Sicredi - a máquina que vem com um parceiro de negócios

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Curso para o Concurso de Vila Nova do Sul é no Aurora Concursos

Morre homem vítima de acidente na BR-290 no mês de junho. Família acusa hospital de negligência

Família acusa Santa Casa de erro nos procedimentos médicos, que levaram à piora do estado de saúde da vítima de acidente e sua consequente morte

Morreu neste domingo (29), o homem que foi vítima de acidente de trânsito na BR-290, próximo ao Posto Paradouro em 14 de junho. Antônio Marcos Carvalho Nunes, 41 anos, estava internado desde a data e tinha perdido a perna. A família informou que a amputação se deu por complicações decorrentes de negligência médica da Santa Casa e do profissional que cuidou da vítima, em contato com a redação.


O acidente aconteceu quando ele, que vinha em uma motocicleta Honda Bros no sentido Rosário-São Gabriel, teve a frente cortada por um automóvel Gol que estava adentrando no estacionamento do Restaurante e Posto, segundo informações da PRF. Com a violência do choque, ele teve ferimentos graves.

Um dos irmãos da vítima, Paulo Nunes Garcia, entrou em contato telefônicos com a redação na manhã desta terça-feira (30) para fazer esclarecimentos sobre o fato que não foram tornados públicos. Segundo ele, a morte de Antônio Marcos se decorreu não pelo acidente mas em virtude de negligência médica da Santa Casa e do profissional que seria responsável pelos cuidados médicos.

"Meu irmão morreu vítima de negligência médica, ficou 20 dias com febre e passou por duas amputações, a febre indiciava que algo estava errado e o médico não soube responder o que era. Ele morreu devido a uma bactéria séptica", afirmou. Familiares informaram que vão buscar responsabilização e tornar público o caso.

Até a família tinha solicitado doações de sangue tipo O negativo, mas infelizmente não houve tempo. O sepultamento ocorreu nesta segunda-feira. À família, nossos sentimentos por esta triste perda.

* Vamos aguardar um novo posicionamento da família e ouvir na sequência a Santa Casa sobre esta questão. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 29/07/2019 12h17
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: