Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Jornalismo gaúcho se despede de Milton Ferreti Jung

Ofertaço Grazziotin - de 16 a 20 de outubro

O Poder da Clareza - 17 de outubro em São Gabriel

Inauguração da filial Porto Lanches na quinta, 10 de outubro

12 de outubro - Dia de Nossa Senhora Aparecida - lembrança do Colégio Perpétuo Socorro

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Máquina de cartões Sicredi - a máquina que vem com um parceiro de negócios

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Curso para o Concurso de Vila Nova do Sul é no Aurora Concursos

Jornalismo gaúcho se despede de Milton Ferreti Jung

Milton Ferreti Jung faleceu neste domingo aos 83 anos, em Porto Alegre. Jornalista e radialista ficou conhecido por ser a "Voz do Rio Grande" na Rádio Guaíba durante 50 anos, além de narrar jornadas esportivas. Na foto, ele entrega troféu com seu nome no Prêmio Press, para o colega Sérgio Stock, que foi premiado como melhor locutor de notícias, na edição 2017 (foto arquivo C7)
O jornalismo gaúcho se despediu nesta segunda-feira (29) do jornalista e radialista Milton Ferreti Jung, aos 83 anos. Jung, que era natural de Caxias do Sul, estava internado no Hospital Moinhos de Vento quando faleceu na manhã deste domingo, 29 de julho. Segundo as informações, Milton morreu em decorrência de choque séptico relacionado à infecção respiratória complicada por insuficiência renal.

Ele foi cremado no final da manhã no Crematório Metropolitano, em Porto Alegre. Milton, que vinha lutando contra o Mal de Alzheimer, trabalhou mais de 50 anos de atuação como locutor esportivo e jornalístico na TV e Rádio Guaíba de Porto Alegre, onde se consagrou na locucação do Correspondente Guaíba, onde por muitos anos foi a voz do Correspondente Renner ou Aplub. Sua voz grave alicerçava seriedade ao noticiário.

Ficou conhecido como "A Voz do Rio Grande" e também narrava jogos. Entre GreNais, como o da despedida do Olímpico e três copas do mundo que acompanhou, Jung narrou um momento histórico do futebol que foi o milésimo gol de Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, na partida em que o Santos venceu o Vasco por 2 a 0 em 19 de novembro de 1969.

Em 2017, ele teve publicada a biografia "Milton Ferretti Jung: gol, gol, gol, um grito inesquecível na voz do rádio", escrita pela jornalista Katia Hoffman. Milton Ferretti Jung era pai do jornalista Milton Jung.


O editor do site, Marcelo Ribeiro, fez essa foto com Jung após a premiação do Press em 2017; humildade e simpatia foram as marcas do jornalista
A editoria do site conheceu o radialista pessoalmente na cerimônia de premiação do Prêmio Press 2017, em novembro daquele ano. Milton Ferreti Jung entregou o troféu de Melhor Apresentador de Notícias, que levava seu nome, para Sérgio Stock, da Band e ao receber nosso pedido para uma foto, ele o atendeu com humildade e simpatia, além da sua voz característica, que agora ficará na memória dos gaúchos que acompanharam os fatos da história por meio dela. Ars longa, vita brevis, Milton Ferreti Jung. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 29/07/2019 17h22 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: