25 julho 2019

Famílias estão sendo retiradas de casa nas áreas alagadas

Águas do Vacacaí estão mais de 5m acima do nível normal, mais uma vez encobrindo parte do pé do monumento a Iemanjá
Mais duas famílias foram retiradas de casa nesta quinta-feira, 25 de julho, após a elevação das águas do Rio Vacacaí, em São Gabriel. O rio está cinco metros acima do normal e já inunda os bairros Mato Grosso e Beira-Rio, porém ainda abaixo da enchente histórica de janeiro.



Acesso ao Bairro Mato Grosso por baixo da subestação da CEEE foi coberto pelas águas
A Defesa Civil vem dando suporte as famílias com apoio do Exército e até o momento, quatro famílias foram retiradas. As chuvas atingiram em dois dias 135 milímetros e deixaram o rio acima do nível normalonde em pouco menos de 24h, o acesso ao Bairro Mato Grosso abaixo da antiga subestação da CEEE foi coberto pelas águas.


O telefone para contato da Defesa Civil que está em plantão é (55) 996885026. Veja algumas imagens da situação em São Gabriel:







Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 25/07/2019 15h38
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.