Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Gauchão: tudo igual no primeiro GreNal da decisão

12-05 Domingueira das Mães - CTG Querência Xucra

Penha de Troca da Patronagem - CTG Plácido de Castro - 25 de maio

Prestigie a reinauguração da Cremolatto em novo endereço no Calçadão de São Gabriel

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça sua Pós-Graduação na Unopar

Jogue Limpo com a sua Cidade - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - Juntos geramos desenvolvimento para todos

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Gauchão: tudo igual no primeiro GreNal da decisão

Grêmio soube segurar o Internacional em sua casa e primeira partida das finais do Gauchão acabou empatada sem gols no Beira-Rio. Tudo fica para quarta-feira na Arena (foto Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
O primeiro clássico GreNal da final do Campeonato Gaúcho não saiu do 0 a 0 e fica agora tudo para quarta-feira, 17 de abril, na Arena do Grêmio. O clássico 419, disputado no Estádio Beira-Rio neste domingo (14), teve disputa equilibrada, mas o Grêmio atacou mais e soube segurar o Internacional. Agora a decisão fica para a quarta na Arena.



O jogo marcou também a estreia do árbitro de vídeo (VAR) na decisão. Um dos lances mais polêmicos foi quando próximo do final do 1º tempo, o técnico Renato Portaluppi, do Grêmio, invadiu o gramado para interpelar Vitor Cuesta, do Inter, por lances que foram considerados duros e o argentino tentou reagir, mas o restante dos jogadores acalmou os ânimos.

Resumo do jogo
O Inter teve o ímpeto nos primeiros 15 minutos de jogo, com dois pedidos de pênalti negados pelo árbitro Leandro Vuaden. Nico López chutou de fora da área aos seis, sem muito perigo. Depois, o Grêmio passou a dominar as ações, principalmente pelo lado esquerdo. Em duas chegadas, Bruno Cortez levou Renato Gaúcho à loucura por errar os cruzamentos. Aos 21, Alisson acertou o travessão de Marcelo Lomba. Dez minutos depois, Patrick fez um salseiro na linha de fundo pelo lado esquerdo, passou por três e tocou para Guerrero, que desviou sem equilíbrio para a defesa de Paulo Victor. Os minutos finais tiveram pressão dos dois lados, porém, sem tirar o zero do placar.

Os dois times voltaram do intervalo com pouco brilho e muitos erros técnicos, principalmente nos passes. Aos 10 minutos, Leandro Vuaden consultou o vídeo após André acertar o rosto de Rodrigo Moledo em dividida. Ficou apenas com o cartão amarelo. O Grêmio chegou duas vezes em um minuto, com chutes cruzados de Jean Pyerre e Everton. Aí Odair Hellmann trocou D’Alessandro por Guilherme Parede, e Renato, Maicon e Alisson por Michel e Tardelli. Aos 28, em contra-ataque rápido, Paulo Victor salvou o Grêmio em chute rasteiro de Nico López. Aos 34, o goleiro tricolor fez sua parte novamente duas finalizações no mesmo lance. Aos 42, Patrick quase marcou em cabeçada após escanteio. E o Gre-Nal 419 ficou no 0 a 0.


O jogo marcou também o uso do árbitro de vídeo (VAR), aos dez minutos, onde após André acertar o rosto de Rodrigo Moledo na área colorada, o árbitro Leandro Vuaden deu amarelo para o gremista mas foi verificar no VAR e confirmou o lance. A decisão será na Arena do Grêmio na próxima quarta-feira, às 21h30. Não há saldo qualificado, por isso quem vencer, será o campeão gaúcho - empate leva para a decisão por pênaltis. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 14/04/2019 18h37
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: