06 março 2019

Curso Sargento Anderson inicia aulas para o Concurso de Oficial de Justiça; inscrições ainda estão abertas

Aula inaugural será com o coordenador do curso e professor de Direito Penal, Anderson Leite (foto divulgação)
Comemorando o início do seu 4º ano de funcionamento e mais de 100 aprovações em Concursos Públicos, o CSA inicia hoje, dia 6 de março, um novo Preparatório, dessa vez, para o tão esperado Concurso de Oficial de Justiça, que tem como requisito o ensino médio e o salário é de 7 mil reais.



A Aula Inaugural será com o Coordenador do Curso Anderson Leite, que ministrará Aula de Direito Penal sobre os Crimes Contra a Administração Pública, assunto muito pertinente no momento atual do Brasil, onde diversas operações investigam os Administradores Públicos nesses novos tempos de busca pela Justiça.


Quem não se inscreveu ainda dá tempo, é só comparecer a partir das 18h30 na Rua Deoclesiano Azambuja, 385, ao lado do Hotel São Luisz e o telefone de contato é (55) 999287006 (Whats).

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 06/03/2019 16h27
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.