Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Boato nas redes sociais gera apreensão. Secretaria de Educação emite nota de esclarecimento

Colégio Perpétuo Socorro, 110 anos de história a serviço da educação

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Papelaria Saldanha agora em novo endereço

Aproveite as promoções da CVC em São Gabriel!

Inaugura nesta quinta em São Gabriel Lojão dos 10 Reais

Inscreva-se para o Vestibular de Inverno da Urcamp - aproveite as oportunidades

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

UNOPAR é a sua escolha para o futuro

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - Juntos geramos desenvolvimento para todos

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Participe das aulas de musicalização com as Tolerantes

Boato nas redes sociais gera apreensão. Secretaria de Educação emite nota de esclarecimento

Aluno da Escola Ginásio fez brincadeira de que "levaria arma para escola" em grupo de Whatsapp e gerou pânico, levando a Secretaria de Educação a esclarecer boato nas redes sociais e a tomar medidas (foto arquivo C7)
Um boato que foi veiculado em grupos virtuais gerou preocupação na rede municipal de ensino, somado aos recentes casos ocorridos nas escolas pelo país e mundo. A Prefeitura de São Gabriel postou em seu Facebook uma nota referente a um suposto fato que teria ocorrido na Escola Municipal Ginásio São Gabriel mas que não foi confirmado e que teria sido uma brincadeira de mau gosto.



No comunicado, um aluno teria postado em um grupo de Whatsapp a imagem de uma arma, o que deu a entender que ele estaria entrando armado na escola. A direção da escola, juntamente com um representante da Secretaria de Educação, manteve uma reunião com o aluno, acompanhado do seu pai, onde o jovem afirmou ter se tratado de uma brincadeira infeliz e irresponsável, que não imaginava que teria esta dimensão.

Segundo a nota assinada pelo Secretário de Educação, Sildo Cabreira, logo após, as autoridades policiais também interviram no caso. O aluno está tendo acompanhamento pedagógico constante por parte da escola, e todos os encaminhamentos necessários já foram providenciados.

A Secretaria Municipal de Educação está tomando todas as providências, tratando diariamente deste tema nas escolas, investindo paulatinamente na colocação de câmeras de vigilância dentro das escolas municipais, como meio de aprimorar a segurança dos espaços escolares, e cada escola está sendo devidamente orientada a que seus funcionários observem com atenção os alunos, visto que é expressamente proibido o ingresso de armas de fogo ou objetos cortantes em escolas públicas. "É importante que a comunidade fique tranqüila e atenta em relação a este fato, e não potencialize notícias falsas que só servem para gerar pânico na população", finalizou o Secretário na nota oficial.

As preocupações vem por conta da tragédia ocorrida na última semana na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP). Este fato ocorrido em São Gabriel é similar a uma onda de boatos, onde inclusive, em uma cidade da região, um aluno criou uma brincadeira similar e que também acabou com intervenção da Secretaria de Educação e Polícia. Não façam isso, pois as consequências são graves, ainda mais nestes tempos de fragilidade e difusão de informações falsas.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 19/03/2019 19h00 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: