30 janeiro 2019

Mulher pede ajuda para cirurgia de seu filho

Uma mulher pede ajuda para conseguir uma cirurgia para seu filho, que tem 20 anos, possui necessidades especiais e entrou via judicial para obter este procedimento que segundo ela, custa 50 mil e a família não tem como custear. Regina Helena dos Santos Ferreira, 38 anos, moradora do Corredor das Pontes Brancas (foto ao lado), relatou o drama que seu filho passa.



Ela disse que entrou via judicial para que o Município custeie o procedimento. "Meu filho tem mielomeningocele e vários outros problemas de saúde, além de úlceras nos pés e osteomielite. Ele precisa fazer uma cirurgia para remover um osso e fazer uma cirurgia para viver normalmente", explicando que ele não pode fazer o procedimento pelo SUS porque é alérgico ao látex utilizado nas protéses. Ela enviou fotos e a situação é triste - não mostraremos as mesmas em respeito à situação do jovem.


Além disso, segundo ela, os médicos que atendem seu filho disse que a osteomielite pode se agravar, por conta de baixa imunidade. "Ele tem que tomar remédios diretamente e meu filho corre risco de vida, além de ter infecções na bexiga frequentemente, preciso de ajuda. É triste para nós (pai e mãe) ver seu filho correr risco de vida e não ter dinheiro para essa cirurgia", afirmando ainda que está com seu caso na Defensoria Pública do Estado. Ela busca apoio na comunidade para conseguir fazer a cirurgia. Seu telefone é (55) 996422055. Quem pode ajudar?

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 30/01/2019 18h31 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.