Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Enchente em São Gabriel: situação é a mais crítica em vinte anos

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Para matar sua fome, pede uma Baita Pizza em São Gabriel! Clique aqui e saiba mais!

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Dia 22 de março - Dia Mundial da Água

Conheça o novo endereço da Pohlmann Móveis em Madeira e Decoração

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Se proteja do Coronavírus com as dicas do Sicredi

Studio H de Mana, em novo endereço

Enchente em São Gabriel: situação é a mais crítica em vinte anos

Cheia é a maior já vista em vinte anos e a tendência é o Rio subir ainda mais, com mais de cinco metros acima do nível normal
As chuvas que já somaram cerca de 200 mm em mais de 30 horas fizeram o Rio Vacacaí subir acima do nível e a situação é crítica, talvez tenhamos a maior cheia já vista nos últimos 20 anos no município. Até o final da manhã, as águas estavam mais de 5 metros acima do nível normal, mas subiam rápido. E isso pode aumentar se as chuvas persistirem, o que há 80% de chances.



Locais como a Rua Ruth Pizarro, no Bairro Mato Grosso, estão ficando alagados
As águas já invadem os bairros ribeirinhos, como o Mato Grosso, Passo da Lagoa e Pito Aceso, onde mais de quinze famílias até o momento deixaram suas casas, indo para residências de familiares próximos. Na Rua Ruth Pizzarro, conhecida como "Pito Aceso", as águas subiram rapidamente na manhã desta quinta e casas estão ficando inundadas. O acesso ao Bairro Bom Fim pela Avenida Manoel Antônio de Macedo já está interrompido e Bombeiros resgataram moradores na chamada Vila Dotto, inundada pelas águas.

Equipes da Prefeitura removem árvore caída na Praça Tunuca Silveira, na manhã desta quinta-feira
A situação é grave na Zona Sul, mais precisamente na Santa Clara, que está isolada pelas águas que já cobriram a ponte metálica e trancando a passagem de veículos. Tem pessoas que se arriscaram cruzando a ponte da viação férrea, segundo relatos de leitores. À noite, um vendaval causou apreensão na comunidade, derrubando árvores, rompendo fios da rede elétrica e destruindo estruturas, como o mapa da cidade que existia no Calçadão.


Vento forte da madrugada derrubou placa que continha mapa da cidade no Calçadão (foto Giovane Boeck)
A Defesa Civil está trabalhando sem parar, inclusive virando a noite para atender as comunidades atingidas. O fone do órgão disponibilizado para a comunidade é (55) 99688-5026. Em localidades do interior, foram registrados inclusive 250mm de chuvas. Os volumes registrados na região são resultado de uma anomalia no tempo que surpreende até os meteorologistas, entrando na história como uma das maiores chuvas já registradas. Confira as imagens:








Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 10/01/2019 14h27
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: