Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Enchente em São Gabriel: situação é a mais crítica em vinte anos

Confira as promoções em Moda Íntima e Volta às Aulas na Grazziotin em São Gabriel

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

19 de janeiro, Vestibular Unopar 2019. Inscreva-se!

Prestigie a 37ª Festa Campeira do CTG Caiboaté - 8, 9 e 10 de fevereiro de 2019

Aproveite o Festival de Verão Tottal e já tem também o material escolar

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Prestigie o 10º Baile do Chopp em Santa Margarida do Sul - 26 de janeiro

Pague o IPTU em cota única e ganhe descontos! Até 11 de fevereiro

Enchente em São Gabriel: situação é a mais crítica em vinte anos

Cheia é a maior já vista em vinte anos e a tendência é o Rio subir ainda mais, com mais de cinco metros acima do nível normal
As chuvas que já somaram cerca de 200 mm em mais de 30 horas fizeram o Rio Vacacaí subir acima do nível e a situação é crítica, talvez tenhamos a maior cheia já vista nos últimos 20 anos no município. Até o final da manhã, as águas estavam mais de 5 metros acima do nível normal, mas subiam rápido. E isso pode aumentar se as chuvas persistirem, o que há 80% de chances.



Locais como a Rua Ruth Pizarro, no Bairro Mato Grosso, estão ficando alagados
As águas já invadem os bairros ribeirinhos, como o Mato Grosso, Passo da Lagoa e Pito Aceso, onde mais de quinze famílias até o momento deixaram suas casas, indo para residências de familiares próximos. Na Rua Ruth Pizzarro, conhecida como "Pito Aceso", as águas subiram rapidamente na manhã desta quinta e casas estão ficando inundadas. O acesso ao Bairro Bom Fim pela Avenida Manoel Antônio de Macedo já está interrompido e Bombeiros resgataram moradores na chamada Vila Dotto, inundada pelas águas.

Equipes da Prefeitura removem árvore caída na Praça Tunuca Silveira, na manhã desta quinta-feira
A situação é grave na Zona Sul, mais precisamente na Santa Clara, que está isolada pelas águas que já cobriram a ponte metálica e trancando a passagem de veículos. Tem pessoas que se arriscaram cruzando a ponte da viação férrea, segundo relatos de leitores. À noite, um vendaval causou apreensão na comunidade, derrubando árvores, rompendo fios da rede elétrica e destruindo estruturas, como o mapa da cidade que existia no Calçadão.


Vento forte da madrugada derrubou placa que continha mapa da cidade no Calçadão (foto Giovane Boeck)
A Defesa Civil está trabalhando sem parar, inclusive virando a noite para atender as comunidades atingidas. O fone do órgão disponibilizado para a comunidade é (55) 99688-5026. Em localidades do interior, foram registrados inclusive 250mm de chuvas. Os volumes registrados na região são resultado de uma anomalia no tempo que surpreende até os meteorologistas, entrando na história como uma das maiores chuvas já registradas. Confira as imagens:








Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 10/01/2019 14h27
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: