14 janeiro 2019

Casal é preso em São Gabriel por movimentar R$ 3 milhões com o "golpe do bilhete"

Além da prisão de casal autor de estelionato, bens foram apreendidos, entre eles uma lancha (foto Polícia Civil)
Um casal de estelionatários responsável pelo chamado "golpe do bilhete" foi preso durante a Operação Pólis na manhã desta segunda-feira (14) em São Gabriel. Cátia Passamani, 34 anos e Fernando Balancin, 41 anos, foram presos preventivamente pela Polícia Civil. Eles são acusados de movimentar mais de R$ 3 milhões com o golpe que tirava dinheiro de vítimas, principalmente idosos.



As operações tiveram sete mandados de busca e apreensão  com auxílio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Passo Fundo. Além das prisões, realizadas por lavagem de dinheiro e associação criminosa. Um imóvel, avalizado em R$ 2 milhões, localizado no Bairro Vila Luíza, em Passo Fundo, foi sequestrado pela polícia e uma lancha e três veículos foram apreendidos nas ações.

Segundo o delegado Diogo Ferreira, o casal movimentou quase R$ 1 milhão entre anos de 2013 e 2015, com depósitos e transferências feitos com a utilização do golpe do bilhete. Os golpes ocorreram no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

Os mandados de prisão foram cumpridos em Sâo Gabriel. Ela já estava recolhida no Presídio Estadual e ele estava saindo da unidade prisional quando foi preso de novo. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 14/01/2019 15h47
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.