Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Paralisação de serviços em Uruguaiana afeta saúde em São Gabriel

volta as aulas perpétuo

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Volta às Aulas da Grazziotin, aproveite e parcele em até 10x no nosso cartão

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

19 de janeiro, Vestibular Unopar 2019. Inscreva-se!

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Pague o IPTU em cota única e ganhe descontos! Até 11 de fevereiro

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Conheça a KJ Contabilidade Consultiva e saiba mais como fazer contabilidade com eficiência

Paralisação de serviços em Uruguaiana afeta saúde em São Gabriel

Santa Casa de Uruguaiana paralisa atividades por conta da crise econômica, o que afeta os atendimentos de saúde em São Gabriel. PA 24 horas, situado na Santa Casa daqui, registrou aumento de 25% nos atendimentos com saída dos médicos cubanos na rede municipal (foto arquivo C7)
A partir desta terça-feira (4), a Santa Casa de Caridade de Uruguaiana, que vive uma crise sem precedentes, paralisou várias atividades, o que afeta diretamente os trabalhos da saúde em São Gabriel. Cerca de 220 pacientes que são transportados para aquele município ficarão sem atendimento e a Secretaria da Saúde gabrielense busca alternativas para não paralisar o atendimento, mas isso são os reflexos da falta de pagamento do Governo do Estado aos hospitais, cujas dívidas chegam a mais de 500 milhões em repasses atrasados.



O assunto foi abordado no Jornal do Almoço de Santa Maria desta terça-feira. A Santa Casa uruguaianense está paralisando os serviços e cirurgias eletivas por falta de pagamentos e com isso, 160 pacientes na parte de oncologia (tratamento de câncer) e mais 60 que fazem tratamento para problemas cardíacos deixam de ser atendidos. O Secretário da Saúde, Ricardo Coirolo, salienta que uma alternativa está sendo buscada, mas lamenta a irresponsabilidade do Governo Estadual em não ter resolvido a situação e ter chegado a esse ponto, salienta.

Outra questão que afeta a saúde local também é a saída dos médicos cubanos do programa "Mais Médicos", que fizeram a procura por atendimento no Pronto Atendimento 24 Horas na Santa Casa de São Gabriel aumentar em 25%. Coirolo disse que dos treze médicos que foram anunciados, só dois deles assumiram e três desistiram de assumir. "Fomos informados da relação dos médicos selecionados, mas só dois deles assumiram e os outros, até agora não temos notícia, esperamos que venham a assumir até o final do prazo", informou o Secretário à RBS TV. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 04/12/2018 15h41
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: