Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

18 dezembro 2018

Caso Uendel: autor dos disparos se apresenta à Polícia

Homem que atirou em Uendel Lacerda se apresentou à Delegacia na tarde desta terça-feira e Jair Brasil foi liberado do Presídio. Caso movimentou a segurança pública neste final de semana (foto arquivo C7)
* O proprietário do Star Club, Jair Brasil, foi solto por volta das 23 horas de terça-feira. 

Um homem de 66 anos foi identificado pela Polícia como o responsável pelos disparos de arma de fogo que mataram Uendel Rodrigues de Lacerda, 30 anos, no último sábado, 15 de dezembro, na Rua João Manoel. Segundo a Polícia, ele se apresentou à Delegacia nesta terça-feira. Ao mesmo tempo, o proprietário do clube deverá ser liberado, porque a investigação provou que ele não tinha envolvimento no crime.

Ele teria se envolvido na briga para defender o filho, que tinha se trancado com o administrador do Star Club, Carlos Arlan e uma mulher idosa em uma casa, para se refugiar do grupo que queria se vingar por um desentendimento ocorrido na madrugada de sábado no Star Club.

Apontado por supostas testemunhas como o autor dos disparos, o empresário Jair Brasil deverá ser liberado a qualquer momento após a investigação ter apontado que ele não tinha a ver com o caso, que tinha ido socorrer o administrador. As "testemunhas" deverão responder por denunciação caluniosa, afirmou o Delegado José Soares Bastos. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 18/12/2018 20h42
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.