Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Museu da FEB reaberto novamente para a comunidade

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

19 de janeiro, Vestibular Unopar 2019. Inscreva-se!

Inauguração da filial da Cremolatto em São Gabriel neste sábado, 22 de dezembro

Aproveite mais uma chance de vestibular na Urcamp - 16 de janeiro

Prestigie a 37ª Festa Campeira do CTG Caiboaté - 8, 9 e 10 de fevereiro de 2019

Aproveite o Festival de Verão Tottal e já tem também o material escolar

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Prestigie o 10º Baile do Chopp em Santa Margarida do Sul - 26 de janeiro

Pague o IPTU em cota única e ganhe descontos! Até 11 de fevereiro

Museu da FEB reaberto novamente para a comunidade

Museu da FEB está reaberto desde o início de outubro, após reforma que renovou completamente o prédio e reorganizou o acervo
Após um longo período de reformas, o Museu Gaúcho da Força Expedicionária Brasileira (FEB), principal entidade que guarda as memórias do maior conflito mundial, a 2ª Guerra e a campanha do Brasil na Itália, está reaberto novamente, desde o início de outubro, conforme a Secretária de Desenvolvimento, Turismo e Cultura, Juliana Medeiros. O Museu está novamente à disposição da comunidade gabrielense.



As reformas foram realizadas em parceria entre a Prefeitura e a Guarnição Federal do Exército em São Gabriel, com troca do telhado, novas instalações elétricas, troca do forro e nova pintura interna e externa, além da limpeza e restauração de todo o acervo. O curador do Museu é o professor Moisés Ferraz, que por muitos anos trabalhou na Universidade da Região da Campanha (Urcamp).

Além da restauração das peças e sua reorganização, que tornou o local mais clean, há agora uma galeria de ex-pracinhas que atuaram no conflito. O acervo pode ser visitado por qualquer pessoa, e reúne materiais, documentos e fotos do período em que os pracinhas brasileiros lutaram contra o fascismo na II Guerra Mundial, vencendo batalhas em diversas cidades italianas.

Em 17 de setembro, foram registrados os 50 anos da morte do marechal Mascarenhas de Morais, comandante da Força Expedicionária Brasileira, nascido em 13 de novembro de 1883 em São Gabriel. “Reabrir este museu para a coletividade no ano do cinqüentenário da morte deste gabrielense ilustre é uma forma de reverenciar sua memória”, ressaltou Juliana Medeiros.

O museu funciona de terça a sábado, das 9 às 12h e das 14 às 17h. Para agendamento de grupos de turistas, escolas e demais visitantes, este pode ser feito pelo fone (550 3232-5378. A entrada é franca, mas para quem quiser deixar uma colaboração financeira voluntária, está à disposição.

Saiba mais
O Museu Gaúcho da FEB foi fundado em Porto Alegre em 12 de janeiro de 1978 e passou para São Gabriel a partir de 1992, quando a Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira de Porto Alegre (ANVFEB - PA) anunciou que não teria como ficar mais na capital. Em tratativas que tiveram a participação do ex-comandante do 9º RCB, Coronel Carlos Eurico Meyer de Mesquita, o Museu veio para São Gabriel por ser terra natal do Marechal João Baptista Mascarenhas de Moraes, comandante da FEB na 2ª Guerra Mundial. Ele foi recebido na gestão do ex-prefeito Eglon Meyer Corrêa e aprovado pela Câmara de Vereadores, que tinha como presidente na época, o vereador Caio Rocha (Progressistas).

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 01/11/2018 13h36
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: