Inaugura no próximo dia 10 de dezembro, em São Gabriel, A Legítima Super 20

Vem para o Natal da Tottal Casa & Conforto

A partir de segunda-feira, 12 de novembro, LaborCito com filial!

Vem aí o Reveillon Gaudério no CTG Querência Xucra, com animação de Os Serranos, 29 de dezembro

Colégio Perpétuo Socorro - matrículas abertas a partir de 19 de novembro

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Confira os novos cursos na Unopar São Gabriel

Colabore para uma cidade limpa - Jogue Limpo com a sua Cidade

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Oficina de Costura

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Vem aí a Festa de Natal do EC Real, em 19 de dezembro

Fim do Programa Mais Médicos afetará sistema de Saúde de São Gabriel

Em reunião, Secretário Coirolo e médicos cubanos debateram situação gerada por retirada do Governo cubano do programa "Mais Médicos" (foto Amanda Hickmann/Comunicação PMSG)
Por força de uma decisão do Governo de Cuba, os mais de 8 mil médicos cubanos enviados ao país através da Organização de Saúde Pan-Americana, contratada do Programa Mais Médicos, deverão deixar o país até meados de 14 de dezembro. Até o prazo final, os médicos vinculados ao programa que atuam em São Gabriel continuarão trabalhando até a data-limite para se deslocar ao seu país de origem. O assunto foi tema de reunião entre o secretário municipal da Saúde, Ricardo Coirolo, e os médicos cubanos que atuam nas Unidades Básicas de Saúde e na Estratégia Saúde da Família dentro do Municípío.


Numa reunião marcada por muita emoção, o secretário se despediu dos médicos que terão que deixar o país, e colocou a infra-estrutura da Secretaria da Saúde à disposição dos profissionais, que tem uma série de embaraços legais para solucionar antes de voltar para Cuba, inclusive com multas rescisórias de aluguéis e outras questões. “A forma abrupta com que essa decisão foi tomada foi um choque pra nós, uma tristeza muito grande. Vocês (médicos cubanos) se prepararam para prestar este serviço por três anos, e agora terão de retornar às pressas. A população confia no atendimento que os senhores realizam, e pra mim, como médico e como gestor, fica uma frustração, porque os Municípios é que sairão prejudicados nessa guerra diplomática”, ressaltou.

Em São Gabriel, o Programa Mais Médicos mantém 17 profissionais, sendo 1 uruguaio, 2 brasileiros e todos os demais da República de Cuba. “Fomos acolhidos pelo povo dessa cidade. Eu sentia como se estivesse em casa, não sentia saudade de Cuba, porque parecia muito com a minha cidade. Nós queríamos continuar trabalhando, mas nossas famílias estão lá, precisamos retornar”, disse o médico Yasser Quintero. Muito emocionados, os médicos falaram sobre o carinho da população de São Gabriel.

A secretaria da Saúde já está trabalhando para que outros profissionais assumam os serviços que ficarão a descoberto pela saída dos cubanos. “Para ver o que será feito do Programa Mais Médicos, teremos que esperar as providências do novo governo federal, mas desde já estamos agindo. Sem dúvida, haverá um impacto. É uma notícia triste para São Gabriel e milhares de outros municípios”, destacou.

Reportagem: Comunuicação Social Prefeitura de SG
Data: 19/11/2018 17h00 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: