Esquenta EAD Urcamp - A condição que vai aquecer sua carreira! CLIQUE AQUI!

www.peruzzo.com.br - Acesse, compre e receba em casa!

Painéis Solares A Elétrica - Energia Solar em até 120x

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Clínica Imuniza - Muito mais do que vacinar, cuidar do seu bem estar - CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Faça seu cartão Cauzzo e tenha os melhores profissionais para sua saúde

Faça seu Plano Safra com o Sicredi

Use Odontologia em São Gabriel - saúde bucal para você e sua família

Anúncio Dra Ana Paula Ross

07 outubro 2018

Problemas em urna motivam registro na Delegacia de Polícia


Eleitores começaram a relatar problemas em urnas eletrônicas. Segundo o TSE, mais de 300 foram substituídas no horário da votação. Mas uma delas motivou o registro de um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia. Um eleitor registrou ocorrência porque segundo ele, na hora de votar, a urna teria finalizado por conta e o voto não teria sido registrado em sua seção na Escola Estadual Fernando Abbott.

De acordo com a ocorrência, o eleitor fez os votos corretamente e quando chegou no momento de votar para presidente, ele relatou que a urna teria dado por conta o fim da votação e a barra de carregamento, que aparece no final. O eleitor registrou ocorrência de que o voto não foi computado. Sobre casos que estariam acontecendo pelo Estado, o TRE-RS se manifestou através das rádios da capital informando que os casos estão sendo investigados pela Justiça Eleitoral e Polícia Federal, mas que ocorrências e denúncias do caso seriam fake news e que não há registro de denúncias de fraude no Estado.

Também foram registrados problemas por conta da biometria, talvez por problemas de aderência ou alguma sujeira dos leitores biométricos. Vamos aguardar os desdobramentos.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 07/10/2018 16h31
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.