Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: BR-293 sofre com os buracos e falta de manutenção

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

19 de janeiro, Vestibular Unopar 2019. Inscreva-se!

Inauguração da filial da Cremolatto em São Gabriel neste sábado, 22 de dezembro

Aproveite mais uma chance de vestibular na Urcamp - 16 de janeiro

Prestigie a 37ª Festa Campeira do CTG Caiboaté - 8, 9 e 10 de fevereiro de 2019

Aproveite o Festival de Verão Tottal e já tem também o material escolar

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Prestigie o 10º Baile do Chopp em Santa Margarida do Sul - 26 de janeiro

Pague o IPTU em cota única e ganhe descontos! Até 11 de fevereiro

BR-293 sofre com os buracos e falta de manutenção

Trecho da BR-293 entre Bagé e Dom Pedrito tem aumento no número de buracos e não recebe manutenção há meses
Há anos atrás, a BR-293, que liga Quaraí à Pelotas e passa por Dom Pedrito e Bagé, tinha muitos buracos no trecho entre essas duas cidades, o que motivou protestos por parte dos moradores, que pintaram os buracos na rodovia. Após um recapeamento que a deixou em boas condições, há meses a estrada vê aumentar os buracos, causando acidentes e transtornos. Pudemos constatar isso em 13 de outubro, na ida a Bagé e o problema continua.



Buracos já causaram vários acidentes e problemas para motoristas, nos quilômetros 195 a 228
As crateras são predominantes principalmente entre os quilômetros 195 e 228, exigindo dos motoristas atenção e perícia para desviar deles e não se acidentar. A situação piora à noite, com a pouca visibilidade da rodovia. A Polícia Rodoviária Federal (PRF)  informa que vários carros tiveram pneus estourados e calotas entortadas, gerando prejuízo financeiro para os motoristas.

Segundo o Jornal Minuano de Bagé, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou que os cuidados com a rodovia são feitos por Santana do Livramento mas que devido ao contingenciamento de recursos imposto pelo Governo de Michel Temer, estão sendo feitos serviços mínimos de manutenção, sem previsão de tapa-buracos no local. O temor é de que o trecho volte a ser esburacado como foi nos anos 90 e 2000.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 22/10/2018 09h25
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: