Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: BR-293 sofre com os buracos e falta de manutenção

Casa do Sofá, agora em novo endereço! Confira!

De 5 a 9 de novembro - Descontão Por Menos em São Gabriel

05-12 Festa Final de Ano Lú Couros e Rafaela Weber - show com Sandro e Cícero

Inauguração da filial Porto Lanches na quinta, 10 de outubro

Matrículas abertas no Colégio Perpétuo Socorro para 2020!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Poupança? É Sim, Sicredi - Aproveite para fazer a diferença em sua vida financeira

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

BR-293 sofre com os buracos e falta de manutenção

Trecho da BR-293 entre Bagé e Dom Pedrito tem aumento no número de buracos e não recebe manutenção há meses
Há anos atrás, a BR-293, que liga Quaraí à Pelotas e passa por Dom Pedrito e Bagé, tinha muitos buracos no trecho entre essas duas cidades, o que motivou protestos por parte dos moradores, que pintaram os buracos na rodovia. Após um recapeamento que a deixou em boas condições, há meses a estrada vê aumentar os buracos, causando acidentes e transtornos. Pudemos constatar isso em 13 de outubro, na ida a Bagé e o problema continua.



Buracos já causaram vários acidentes e problemas para motoristas, nos quilômetros 195 a 228
As crateras são predominantes principalmente entre os quilômetros 195 e 228, exigindo dos motoristas atenção e perícia para desviar deles e não se acidentar. A situação piora à noite, com a pouca visibilidade da rodovia. A Polícia Rodoviária Federal (PRF)  informa que vários carros tiveram pneus estourados e calotas entortadas, gerando prejuízo financeiro para os motoristas.

Segundo o Jornal Minuano de Bagé, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou que os cuidados com a rodovia são feitos por Santana do Livramento mas que devido ao contingenciamento de recursos imposto pelo Governo de Michel Temer, estão sendo feitos serviços mínimos de manutenção, sem previsão de tapa-buracos no local. O temor é de que o trecho volte a ser esburacado como foi nos anos 90 e 2000.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 22/10/2018 09h25
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: