Vem aí novo processo seletivo da Unopar, inscreva-se já

Vem aí mais um Ofertaço Grazziotin

09-11 Penha de Aniversário CTG Caiboaté - Chiquito e Bordoneio

Colabore para uma cidade limpa - Jogue Limpo com a sua Cidade

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Oficina de Costura

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Vários pontos da cidade alagados durante o temporal

Alguns bairros da cidade registraram alagamento. Isso foi causado pelo acúmulo de lixo nos bueiros, sangas e valas nos bairros da cidade (foto Adiles Rocha)
Durante as fortes chuvas que chegaram a 150 milímetros, segundo o INMET, vários pontos da cidade registraram severo alagamento, onde os moradores exigiram providências da Prefeitura. Por sua vez, uma questão é debatida neste momento: a causa dos alagamentos é o acúmulo de lixo que entope bueiros e valas.


Leitores nos relataram vários locais alagados e pediam providências da Prefeitura. Locais em vários pontos, como nos Bairros Independência, Cidade Nova, Santo Antônio e Vila Maria registraram grandes alagamentos devido às sangas terem enchido e inundado, inclusive invadindo as casas. Muitos moradores cobraram providências da Prefeitura, alegando que eles só compareceriam "em ano eleitoral".

Quantidade de lixo vista no transbordo do Rio Vacacaí impressiona

Com as cheias, lixo acaba surgindo nas águas. Moradores também reclamam do descarte discriminado
Por outro lado, pela parte da Prefeitura, o Prefeito Rossano Gonçalves gravou um vídeo frisando que isso acontece por conta do descarte indiscriminado de lixo, o que acumula e entope bueiros e valas, fazendo com que os alagamentos aconteçam. Após as chuvas, era impressionante em alguns lugares a quantidade de lixo atirado nas ruas.

O Secretário de Obras e coordenador da Defesa Civil, Ricardo Júnior, pede a população que denuncie a colocação de lixo em locais proibidos. "Em um dos locais que estivemos, após as águas baixarem por exemplo, acabamos flagrando gente jogando lixo em sangas, aí não tem como prevenir os alagamentos pela falta de consciência da população", frisou em entrevista à Rádio São Gabriel. Ele destacou que a Defesa Civil dará assistência a todas comunidades atingidas pelos alagamentos.

Há um disque-denúncia da Secretaria de Serviços Urbanos, pelo fone 3232-4845. Os moradores devem cobrar providências do Poder Público, mas tem que fazer a sua parte também, visto que o problema do lixo é uma triste realidade. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 24/09/2018 17h53
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: