Inscreva-se para o vestibular da Unopar

Caderno7 na Expointer 2018

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Oficina de Costura

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Obras de Escola Infantil do Jardim Primavera deverão ser retomadas

Escola era um dos prédios que seria construídos pela empresa MVC e que foi abandonado após falência. No local, restou apenas uma gaiola com as paredes de PVC e o barracão das obras
Uma das obras que seria a chamada "creche de plástico" e que foi abandonada pela empresa MVC, anunciada com pompa pela administração anterior, a Escola Infantil do Bairro Jardim Primavera poderá ter sua construção retomada em breve. A Secretaria Municipal de Educação informou que já foi feita a licitação para a empresa que vai realizar a construção da Escola, que será em prédio convencional.



Obra teve um início em setembro de 2014, mas acabou parada após empresa falir no país. Valor era orçado em 800 mil

Segundo o Secretário Sildo Cabreira, Escola será construída no modelo convencional e já tem empresa escolhida em licitação, esperando apenas a liberação do sistema no FNDE
A obra, orçada em R$ 800 mil, situada na Rua Leônidas Avelleda, que era a cargo do Governo Federal e estava incluída no Programa de Aceleração do Crescimento - PAC 2, foi iniciada em setembro de 2014, um mês antes das eleições gerais e seria concluída em abril de 2015, o que acabou não acontecendo porque a empresa MVC, responsável também pela obra da Escola Infantil do Bairro Santa Izabel, faliu e abandonou todas as obras no Estado.

Restou no local um gradil com as paredes - algumas já levadas - e o galpão que ficava o escritório e alojamentos, completamente deteriorados e abandonados. A reportagem do site foi conferir junto com os colegas da Rádio São Gabriel a situação de mais uma obra abandonada. Esta obra foi anunciada pela gestão do então Prefeito Roque Montagner como parte do "alinhamento das estrelas" mas que foi abandonada logo após, em 2015.

O que diz a Secretaria de Educação?
A reportagem contatou o Secretário Sildo Cabreira, que confirmou a realização destas correções de rumo da obra. "Redesignamos o projeto das 'creches de plástico' para um prédio convencional e realizamos uma nova licitação para escolher uma nova empresa para a obra, só estamos aguardando o FNDE (Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação) liberar o sistema para que esta construção seja iniciada", frisou o Secretário.

A exemplo da Escola do Bairro Santa Izabel, esta obra será retomada em breve, dependendo apenas da liberação do FNDE. O Secretário garantiu que a comunidade terá a escola, mas com uma construção sólida e de qualidade. A empresa que iria construir a "creche de plástico" está sendo investigada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por irregularidades. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 24/07/2018 20h28
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: