Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Vem aí novo processo seletivo da Unopar, inscreva-se já

Vem aí mais um Ofertaço Grazziotin

09-11 Penha de Aniversário CTG Caiboaté - Chiquito e Bordoneio

Colabore para uma cidade limpa - Jogue Limpo com a sua Cidade

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Oficina de Costura

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Gabrielenses participam da convenção do PDT que confirmou Jairo Jorge

Gabrielenses participaram da convenção que referendou o nome de Jairo Jorge para concorrer ao Governo do Estado, nesta quinta-feira, em Porto Alegre (foto divulgação)
Na tarde desta quinta-feira (26), o PDT gaúcho realizou a convenção para confirmar o nome do ex-prefeito de Canoas, Jairo Jorge, como candidato ao Governo do Estado pela coligação formada pela legenda e os partidos PV, Solidariedade, Podemos, PPL e Avante. A convenção aconteceu no Teatro Dante Barone e teve gabrielenses participando, dos partidos pertencentes à coligação.


A comitiva, formada pela Presidente Municipal do PDT, Juliana Medeiros, a Pré-candidata ao Senado Sandra Weber, do Solidariedade, o vereador Pepeca Bertazzo (PDT), a vice-prefeita Karen Lannes (SD) e demais filiados, participaram da convenção estadual que escolheu Jairo Jorge como candidato ao Governo e que terá como vice Cláudio Bier, do PV. Não ficou definido ainda quem será o candidato ao Senado, o que deve ocorrer até dia 5, mas Sandra Weber tem chances.

Os demais partidos da coligação devem fazer suas convenções no domingo, como o Solidariedade e o Partido Verde (PV).

Porém - O candidato do PDT ao Governo do Estado, Jairo Jorge, teve os bens bloqueados pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), na última terça-feira (24), onde a desembargadora federal Vivian Josete Pantaleão Caminha decretou a indisponibilidade solidária de bens no montante de R$ 16.471.841,00 do ex-prefeito de Canoas, do ex-secretário de saúde Marcelo Bósio, do ex-secretário adjunto da saúde Leandro Gomes dos Santos, da ex-vice-prefeita Lúcia Elisabeth Colombo Silveira e da empresa GSH- Gestão e Tecnologia em Saúde.

Eles são alvo de uma ação civil pública por improbidade administrativa, relativa a irregularidades na contratação com dispensa de licitação da GSH para prestar serviço de agendamento de consultas eletivas pelo SUS (Sistema Único de Saúde) nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município de Canoas.

Segundo o TRE-RS (Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul), a decisão não impede o registro da candidatura de Jorge. Todas as candidaturas serão submetidas a julgamento no tribunal antes de serem homologadas. “A decisão liminar é uma decisão precária. A turma do TRF-4, formada por três desembargadores, a quem cabe a decisão, ainda não analisou o caso. A liminar foi concedida por análise sem a prévia oitiva da parte contrária. A defesa tem prazo para apresentar contrarrazões e, estas, então, serão avaliadas pelo colegiado do TRF4”, diz em nota Jorge.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 26/07/2018 20h13
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: