Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Felipe Abib propõe modificação no pagamento de diárias

Casa do Sofá, agora em novo endereço! Confira!

Dia 05-12 - Grande Festa Final de Ano com Sandro e Cícero, na Seven - Realização RW Saúde dos Cabelos e Lú Couros

Inauguração da filial Porto Lanches na quinta, 10 de outubro

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Matrículas abertas no Colégio Perpétuo Socorro para 2020!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Poupança? É Sim, Sicredi - Aproveite para fazer a diferença em sua vida financeira

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Felipe Abib propõe modificação no pagamento de diárias

Vereador Felipe Abib apresentou projeto de indicação para modificar pagamento de diárias para parlamentares
O vereador Felipe Abib (PT) apresentou nesta quinta-feira (21) um projeto de indicação para modificar a lei que regulamenta o pagamento das tão faladas diárias. Na indicação nº 34/2018, Abib propõe que as diárias serão pagas de acordo com a legislação pertinente, desde que não ocorra compatibilidade de horário e dia com as sessões do Legislativo. Ou seja, o vereador terá de receber apenas um valor ao invés de dois, a diária e o jeton, reduzindo os custos e moralizando o sistema.


Na justificativa, Felipe Abib explica que o vereador não recebe salário, e sim subsídio para desenvolver e custear as atividades do mandato. "No caso das diárias, em dia de sessão, os vereadores justificam as faltas para receberem jeton, sendo uma verdadeira incoerência se a atividade do parlamentar é fora do município. Por si só o jeton, que possui valor maior do que a diária, é suficiente para as despesas relativas ao mandato; e onde na maioria das vezes pelo levantamento realizado as atividades (para recebimento de diárias) são exclusivas do vereador como cursos e não representações da Câmara de Vereadores", afirmou.

Ele ainda disse que com isso, "não existe coerência de economicidade e nem coerência de modalidade no recebimento dos dois valores", finalizou. O projeto foi apresentado na sessão desta quinta-feira e passará pela avaliação dos vereadores. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 21/06/2018 17h55
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: