Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Prefeito pede retirada de projeto que solicitava revisão de salários

Prestigie o Jantar De Mãos Dadas, da Despertar e Voluntárias do Lar São João

Vem aí a Festa Junina da Pró-Down em São Gabriel. Participe!

	
Vem aí a semana do aniversário da Grazziotin. Confira as promoções

Inscreva-se para o Vestibular de Inverno da Urcamp - aproveite as oportunidades

Penha de Troca da Patronagem - CTG Plácido de Castro - 25 de maio

Prestigie a reinauguração da Cremolatto em novo endereço no Calçadão de São Gabriel

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça sua Pós-Graduação na Unopar

Jogue Limpo com a sua Cidade - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - Juntos geramos desenvolvimento para todos

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Participe das aulas de musicalização com as Tolerantes

Colégio Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Prefeito pede retirada de projeto que solicitava revisão de salários

Prefeitura solicitou retirada de projeto que reajustaria em 2,27% os salários do Prefeito, Vice e Secretários, conforme previsto em lei (foto arquivo C7)
Na sessão desta quinta-feira (17) do Legislativo gabrielense, iria cumprir a segunda pauta o Projeto de Lei 52/2018, que concederia revisão monetária aos subsídios do Prefeito, Vice-prefeito e Secretários Municipais em 2,27%. Mas devido à polêmicas surgidas na comunidade, o Prefeito Rossano Gonçalves solicitou a retirada do projeto, conforme informou o jornalista Guido Ávila em seu Facebook.


A revisão anual seguia o § 2º, art. 1º, da Lei Ordinária n.º 3.791/2016 e contemplaria o período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2017, com base no índice IPC-FIPE acumulado, o que totalizou o índice de 2.27% (dois inteiros e vinte e sete centésimos por cento). Talvez por questão estratégica, o Prefeito tenha retirado o projeto de votação, visto que ele gerou manifestações mais enérgicas de vereadores da oposição. Mas como disse o colega Guido Ávila, a questão deveria ter um debate mais aprofundado a respeito.

A reportagem apurou que segundo a Transparência Municipal, os vencimentos (sem descontos) do Prefeito são de R$ 18.855,00; do Vice-Prefeito, de R$ 9,741,93 e de Secretários, R$ 8.799,00. Com o reajuste de 2,27%, os valores ficariam de R$ 19.283,00; R$ 9.963,07 e R$ 8.998,73. Respectivamente, seria um aumento de R$ 428; R$ 221,14 e de 199,73. Um aumento a certo ponto irrisório perto do alarde que foi feito. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 17/05/2018 20h34
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: