Vem aí o Black Friday da Grazziotin

Vem para o 2º Trilhão de São Gabriel - 24 e 25 de novembro

A partir de segunda-feira, 12 de novembro, LaborCito com filial!

Colégio Perpétuo Socorro - matrículas abertas a partir de 19 de novembro

Vem pro Cortinaço da Tottal Casa & Conforto

Vestibular de Verão da Urcamp - CLIQUE AQUI PARA FAZER SUA INSCRIÇÃO

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Vestibular EAD da Unopar, provas agendadas, inscreva-se já

Colabore para uma cidade limpa - Jogue Limpo com a sua Cidade

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Oficina de Costura

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Prefeito pede retirada de projeto que solicitava revisão de salários

Prefeitura solicitou retirada de projeto que reajustaria em 2,27% os salários do Prefeito, Vice e Secretários, conforme previsto em lei (foto arquivo C7)
Na sessão desta quinta-feira (17) do Legislativo gabrielense, iria cumprir a segunda pauta o Projeto de Lei 52/2018, que concederia revisão monetária aos subsídios do Prefeito, Vice-prefeito e Secretários Municipais em 2,27%. Mas devido à polêmicas surgidas na comunidade, o Prefeito Rossano Gonçalves solicitou a retirada do projeto, conforme informou o jornalista Guido Ávila em seu Facebook.


A revisão anual seguia o § 2º, art. 1º, da Lei Ordinária n.º 3.791/2016 e contemplaria o período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2017, com base no índice IPC-FIPE acumulado, o que totalizou o índice de 2.27% (dois inteiros e vinte e sete centésimos por cento). Talvez por questão estratégica, o Prefeito tenha retirado o projeto de votação, visto que ele gerou manifestações mais enérgicas de vereadores da oposição. Mas como disse o colega Guido Ávila, a questão deveria ter um debate mais aprofundado a respeito.

A reportagem apurou que segundo a Transparência Municipal, os vencimentos (sem descontos) do Prefeito são de R$ 18.855,00; do Vice-Prefeito, de R$ 9,741,93 e de Secretários, R$ 8.799,00. Com o reajuste de 2,27%, os valores ficariam de R$ 19.283,00; R$ 9.963,07 e R$ 8.998,73. Respectivamente, seria um aumento de R$ 428; R$ 221,14 e de 199,73. Um aumento a certo ponto irrisório perto do alarde que foi feito. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 17/05/2018 20h34
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: