Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Feminicídio: jovem é morta por ex-companheiro

Dias 31/01, 1º e 2/02 - 2ª Festa da Cordeira e 1º Cordeiraço da Canção Nativa em Santa Margarida do Sul - prestigie!

22-02-2020 Prestigie o Carnaval da Despertar, na Seven! Baile com Tudo di Bom. Clique aqui para mais info

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Dotto Advocacia - Cível, criminal, trabalhista, trânsito - clique aqui para entrar no site

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Pague o IPTU 2020 em São Gabriel e tenha descontos até 10 de fevereiro!

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Inscreva-se no Valor S do Sicredi Pampa Gaúcho

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Feminicídio: jovem é morta por ex-companheiro

Crime aconteceu na manhã desta segunda-feira, na Avenida Francisco Chagas, a duas quadras da Escola Poli, onde jovem foi morta por degolamento feito pelo ex-companheiro
Mais um feminicídio chocou a comunidade gabrielense na manhã desta segunda-feira (5). A comerciária Paula Estefânia Schultz, 23 anos, conhecida como Paulinha, foi assassinada pelo ex-companheiro Rogério Biscaglia Righi, 32 anos, a 30 metros da sinaleira da Avenida Francisco Chagas, por volta das 7h30 da manhã de hoje. O crime estarreceu a comunidade.

Rogério (e) assassinou Paulinha por não aceitar o fim do relacionamento (fotos arquivo pessoal)

Autor do crime "fechou" a vítima e ao descer do veículo, a degolou: frieza do crime impressionou
De acordo com informações da Polícia Civil e a Brigada Militar, a vítima se dirigia ao trabalho quando foi interceptada por Rogério, que a pressionou contra a parede usando um Ford Fiesta, desceu do veículo com uma faca e a degolou, causando sua morte instantânea. A Brigada foi acionada e prendeu o autor do crime em flagrante - quando da comunicação, a informação era de que um atropelamento tinha ocorrido e ao chegar ao local, os policiais descobriram que era um feminicídio.

O autor seria militar reformado do Exército Brasileiro. Segundo informações de familiares da vítima, Paulinha tinha terminado o relacionamento com Rogério há cerca de três meses. Foi relatado também que o acusado bebia muito e era agressivo com ela. O crime chocou a comunidade, visto que ambos eram conhecidos. Ela, conhecida por sua simpatia, trabalhava no Lojão Utilar, que fechou as portas em luto. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 05/03/2018 12h04 
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: