30 janeiro 2018

Vítima de acidente tem alta e se recupera em casa

Jéssica Mello, vítima de acidente sofrido em outubro no Bairro Gabrielense, teve alta na última semana (foto Diego Furtado)
Após meses de muita luta, a jovem Jéssica Mello, que foi vítima de acidente de trânsito em 7 de outubro junto com Cassiane França, teve alta hospitalar e seguirá o tratamento em casa. A informação foi dada nas redes sociais, onde após ter estado em coma por conta da gravidade do acidente e correndo o risco de amputação da perna mais afetada, as equipes médicas conseguiram reverter o quadro. A alta de Jéssica, que teve os ferimentos mais graves, aconteceu na última semana.



Agora, a luta é para responsabilizar judicialmente o causador do acidente. Elas foram atingidas por Ricardo Munhoz dos Santos, que dirigia um caminhão no momento do acidente ocorrido na RS-630 (Faixinha). No acidente, Jéssica teve dilaceramento de uma das pernas, derrame nos pulmões, fratura na coluna, úlcera por pressão no glúteo e lesões na cabeça e costas. Cassiane teve ferimentos também graves, como síndrome compartimental, além de lesões na cabeça e costas.


A família também se queixa por meio de página nas redes sociais de que a Delegada na época registrou o caso como ocorrência simples e que buscam justiça. O acusado do acidente, Ricardo Munhoz, se defendeu dizendo por meio de seu advogado Renato da Costa Figueira, de que toda a assistência foi dada e tanto o cliente como sua família acompanham o caso, além de dar assistência ás vítimas. Nas redes sociais, muitas mensagens de apoio para as jovens quando da alta de Jéssica. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 30/01/2018 17h09
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.