24 novembro 2017

Gabrielense capta flagra de agressão de goleiro argentino a gandula do Grêmio

Lance em que goleiro Andrada agride gandula na Arena foi revelado em redes sociais nesta sexta-feira (foto Julio Mabromata/AFP)
Um lance está nas redes sociais e gera polêmica, sendo impulsionado pela torcida gremista, que ocorreu durante o pênalti não-marcado a favor do Grêmio pelo árbitro chileno Julio Bascuñán, na primeira partida da final contra o Lanús. Durante a reposição de bola, o vlogueiro gabrielense Gean Camargo Dorneles flagrou o goleiro Andrada, do Lanús, agredir o bandeirinha. O lance já está em portais como o Globo Esporte e Gaúcha ZH.

Após a saída de bola quando o jogador Jael foi empurrado, o goleiro foi atrás do objeto e quando o gandula vai recuperá-la, Andrada parece dar um empurrão no funcionário - relatos dão conta de que ele deu socos e pontapés na sequência -, que reage e vai atrás dele. Camargo gravou o lance, que foi divulgado por páginas gremistas nas redes sociais e pelo GloboEsporte.com. Veja o mesmo, a partir de 11m31seg:


Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 24/11/2017 15h58
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.