21 novembro 2017

Dois adolescentes apreendidos por portarem facões no Centro


Na madrugada de domingo (19), a Brigada Militar foi acionada por duas vezes onde dois adolescentes em locais distintos do Centro, estavam portando facões. O primeiro caso aconteceu por volta da 1 hora da madrugada, na Rua Mascarenhas de Moraes, onde uma denúncia informou que um adolescente de 14 anos estava com um facão de lâmina de 32 cm na cintura.



Este foi apreendido e levado à Delegacia de Polícia. Uma hora depois, por volta das 2 horas, na Rua Coronel Soares, outro adolescente, agora de 12 anos, foi denunciado pelo fone 190 e ao ser abordado, estava com um facão de 38 cm de lâmina na cintura. Ele afirmou estar armado porque tem rixa com pessoas do Bairro Élbio Vargas. Em ambos os casos, o Conselho Tutelar foi acionado e efetuado o registro na Delegacia de Polícia.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 21/11/2017 11h42
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.