Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Papo Reto no Caderno7

Prestigie em 10 de agosto, o Jantar-baile em homenagem aos pais no CTG Lenços Brancos do Bom Fim, com o cantor Baitaca

Vem aí o 2º Carnaval de Inverno do Bloco Sucessagem de Rosário do Sul - garanta sua camiseta!

De 17 a 21 de julho, vem aí mais um Ofertaço Grazziotin

UNOPAR é a sua escolha para o futuro

Em breve, inscrições Bolsas 2020 no Colégio Perpétuo Socorro. Saiba como participar!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Aproveite as promoções da CVC em São Gabriel!

Inaugura nesta quinta em São Gabriel Lojão dos 10 Reais

Tchê Burger - Vai um tchê aí? Seu novo delivery de lanches em São Gabriel

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - Juntos geramos desenvolvimento para todos

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Papo Reto no Caderno7

João Pedro Lemos
Colunista do blog

O asteróide que retoma a guerra fria, agora de informação, quem estará com a razão?
Pois o asteróide 2016WF9 está gerando uma nova guerra fria, só que desta vez, de informação, seja como for está criando grandes dúvidas e até medo no mundo inteiro.  A NASA ( National Aeronautics and Space Administration – Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço) dá garantias de que passará bem longe do nosso planeta, mas o dito astrônomo russo Dyomin Damir Zakharovich, que ainda se tem pouco conhecimento sobre sua real identidade, garante que ele vai se chocar com a terra dizimando-a. Conforme publicação do jornal do Reino Unido, Daily Mail, Zakharovich afirma que o asteróide 2016WF9, descoberto no ano passado, não passará apenas nas proximidades da Terra, como afirma a NASA, mas sim, se chocará com o planeta, gerando um super tsunami, com chances reais de acabar com a civilização.



Por outro lado a NASA garante que a chance disso acontecer é mínima, caso uma colisão dessa magnitude venha a se confirmar num futuro próximo, não haveria o que ser feito, já que as idéias para destruição de objetos desse tamanho ainda não são viáveis, contudo existem informações a respeito que garantem que não há riscos. Entre elas a de que no início desse ano a NASA refez seus estudos sobre a trajetória dele e concluiu que talvez ele não fosse uma ameaça.

Na primeira semana de janeiro eles foram ainda mais longe e concluíram que o tal asteróide passaria relativamente longe daqui. Segundo o relatório oficial, o 2016 WF9 passará por aqui em 25 de fevereiro, a 51 milhões de quilômetros da Terra.

O problema é que segundo o russo, o asteróide vai bater no nosso planeta em 16 de fevereiro, o que poderia matar milhões de pessoas. "O objeto saiu do sistema Nibiru, quando este girava ao redor do Sol, em outubro do ano passado. A NASA sabe que ele atingirá a Terra", diz a publicação.

Pois bem! De qualquer forma em todo o mundo esse dito Zakharovich criou pânico e dúvida, muitas pessoas não sabem no que acreditar, e outras nem sequer a informação chega da melhor maneira. O que se sabe é que brincadeira não é, porque realmente o 2016WF9 existe e está em órbita, resta saber quem está realmente com a razão. Ou se trata de uma brincadeira de péssimo gosto, ou ninguém quer criar terror para o inevitável.

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: