Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Alegando "abreviar sofrimento", homem mata mulher com facada no peito

volta as aulas perpétuo

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Volta às Aulas da Grazziotin, aproveite e parcele em até 10x no nosso cartão

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

19 de janeiro, Vestibular Unopar 2019. Inscreva-se!

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Pague o IPTU em cota única e ganhe descontos! Até 11 de fevereiro

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Conheça a KJ Contabilidade Consultiva e saiba mais como fazer contabilidade com eficiência

Alegando "abreviar sofrimento", homem mata mulher com facada no peito

Homem matou a mulher para "acabar com sofrimento dela" e foi encaminhado à Delegacia no final da noite de quarta
Mais um crime choca a comunidade gabrielense. O fato aconteceu na noite de quarta-feira (27), quando Everaldo Rodrigues Guterres, 46 anos, matou a esposa Adriana Carvalho Alves, também de 46 anos. O crime ocorreu na casa do casal, na Avenida Ipiranga, no Bairro Independência, por volta de 21h40. De acordo com informações obtidas no plantão da Delegacia de Polícia há instantes, o crime foi motivado porque o acusado "não aguentava mais o sofrimento" da vítima.


Guterres, que tentou suicídio após o crime, esfaqueou a mulher, que estava em uma cama hospitalar, no peito. Segundo a plantonista da Delegacia, o homem informou que ela possuía uma doença rara que se agravou nos últimos dois anos, quando ela ficou incapacitada definitivamente e acamada. Ele alegou que a situação se agravou, de maneira que ele estaria "perdendo a razão" com o sofrimento da esposa e decidiu por fim à vida dela.

Ele aproveitou a saída de familiares para desferir um golpe no peito da mulher com uma faca de cozinha, matando-a na hora e tentou suicídio, mas não conseguiu. A Polícia informou ainda que ele estava embriagado na hora do crime. A mãe e um dos filhos chegaram em casa e viram Adriana morta, vindo a pedir socorro a um vizinho, que chamou a Brigada Militar, onde a PATAMO arrestou o homicida. Guterres foi encaminhado para o Presídio Estadual e será enquadrado por homicídio doloso qualificado, no artigo 121, parágrafo 2, inciso 4. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 28/04/2016 08h26
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: